Meia do Fla se despede de ex-companheiro, morto em Portugal

No domingo, Alex Apolinário sofreu uma parada cardiorrespiratória durante o confronto do Alverca

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 07 (AFI) - De Arrascaeta, meia do Flamengo, se despediu, pelas redes sociais, do ex-companheiro Alex Apolinário, morto nesta quinta-feira. O brasileiro teve morte cerebral, em Portugal, após parada cardiorrespiratória em um jogo da terceira divisão.

Despedida do ex-companheiro. (Foto: Reprodução)
Despedida do ex-companheiro. (Foto: Reprodução)
"Meus pêsames é um forte abraço para familiares e amigos", escreveu o argentino que atuou com Alex no Cruzeiro entre 2016 e 2017.

No domingo, Alex Apolinário sofreu uma parada cardiorrespiratória durante o confronto do Alverca, seu time, na terceira divisão do Campeonato Português.

QUE TRISTE!
Ex-meia de Botafogo-SP e Cruzeiro, Alex Apolinário sofreu uma parada cardiorrespiratória durante uma partida pela terceira divisão do Campeonato Português. O jogador foi socorrido no local, onde o atleta foi reanimado com uso desfibrilador. Ele foi levado ao Hospital de Vila Franca de Xira.

Após o jogador ser removido do local, os atletas de ambas as equipes fizeram uma roda de oração ao brasileiro. A queda de Alex Apolinário, desacordado, foi durante o primeiro tempo, aos 27 minutos, no meio-campo. A partida, então, foi paralisada, não sendo mais retomada. Uma ambulância chegou ao local, onde o brasileiro foi atendido, deixando o estádio rumo a um hospital, depois de cerca de uma hora.

Alex Apolinário, de 24 anos, estava no Alverca desde a temporada 2018/2019. No Brasil, atuou pelas divisões de base do Botafogo-SP, depois passando por Cruzeiro e Athletico-PR.