JAPÃO: Técnico brasileiro programa volta ao trabalho após superar o Covid-19

Nelsinho Batista está totalmente recuperado e agora quer voltar ao comando do Kashiwa Reysol

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 16 (AFI) - Não são apenas os clubes brasileiros que sofrem com a pandemia do Covid-19. No Japão, um dos mais atingidos foi o Kashiwa Reysol, time dirigido pelo técnico brasileiro Nelsinho Batista. Ele mesmo foi vítima do novo coronavirus, ficou 14 dias internado e agora se prepara para voltar ao trabalho.

“Estou me sentindo muito bem. O atendimento aqui no Japão é exemplar, todos foram isolados e tratados. Senti um pouco de tosse, mas nada grave” – comentou Nelsinho que sexta-feira passada deixou o hospital. Com 70 anos, ele está no grupo de risco, mas sua maior preocupação era com sua família.

Nelsinho Baptista: após covid, volta ao trabalho
Nelsinho Baptista: após covid, volta ao trabalho

VOLTA AO TRABALHO
Nelsinho está preocupado em voltar rapidamente ao batente. “Começo a trabalhar no dia 18 e já temos jogo no dia 21 (contra o Sagan Tosu)” – reforça o técnico brasileiro de maior longevidade no futebol japonês.

Desde a década de 90, entre idas e vindas, ele já trabalhou por mais de 15 anos no Japão e com muito sucesso.

O surto no clube foi confirmado em exames no início do mês de novembro e atingiu 16 pessoas, entre jogadores e membros da comissão técnica. Devido esta situação, os jogos da J.League contra Brummel Sendai fora (3/11) e também Oita Trinita em casa (4/11) foram adiados.

FINAL SÓ EM 2021
Por outro lado, a final da Copa Luvain contra o Tokyo F.C., que estava marcada para o último dia 11 de novembro, foi transferida para o ano que vem no Estádio Nacional de Tokyo. Esta é uma competição disputada paralelamente à J.League com os clubes da Primeira Divisão.

O Kashiwa Reysol é um clube tradicional no Japão, mas voltou à elite ano passado ao conquistar o título da segunda divisão, sob o comando de Nelsinho Batista. No momento ocupa a décima posição, mas tem alguns jogos e menos do que seus concorrentes. A J.League reúne 18 clubes.