Após fazer história na Coreia do Sul, técnico deve voltar ao futebol asiático

O treinador deixou recentemente o Al Hazem Club, da Arábia Saudita, mesmo clube que jogava o atacante Jonathan Cafu

por Grande Área

Campinas, SP, 11 (AFI) - O futebol asiático tem sido o destino de muitos atletas e técnicos de futebol. Quem retornou recentemente da Arábia Saudita foi André Gaspar, que durante mais de cinco anos abriu o mercado e deve retornar em breve.

O treinador deixou recentemente o Al Hazem Club, da Arábia Saudita, mesmo clube que jogava o atacante Jonathan Cafu, contratado pelo Corinthians. André está em sua cidade natal, Santos, mas já pode estar voltando ao futebol asiático, pois seu trabalho é muito bem reconhecido.

“Após seis anos pude ter em tempo maior com família, mas já estamos avaliando algumas situações, pois realizamos um ótimo trabalho principalmente na Coreia do Sul e estamos analisando com muito carinho alguns contatos que estamos recebendo”, disse técnico André Gaspar

André Gaspar é o segundo maior treinador e com mais tempo de trabalho em um único time, com quase três anos no cargo - sendo dois de auxiliar - e mais de 100 jogos.

HISTÓRICO

Gaspar chega a quase cinco temporadas no Daegu, onde desembarcou em 2015 como auxiliar técnico. No ano seguinte, conquistou acesso à primeira divisão local após vice-campeonato da League K2.

Em 2017, foi efetivado como técnico e livrou a equipe do rebaixamento, quebrando tabus e batendo recordes de vitórias e invencibilidades.

Em 2018, faturou, de forma histórica e invicto, a Copa da Coreia e, consequentemente, garantiu vaga à Liga dos Campeões da Ásia.

(continua após foto)

OUTRO FEITO INÉDITO

Outro feito inédito foi a ótima campanha na Liga Coreana, em sétimo lugar, até então a melhor posição. Em 2019, o Daegu fez a melhor campanha na Liga dos Campeões da Ásia e, em sua primeira participação, enfrentou clubes milionários e com grandes investimentos.

No geral, foram seis jogos, com três vitórias e três derrotas. Na Liga, avançou ao hexagonal final e ficou em quinto, na melhor trajetória da história, além de marcas como nove rodadas de invencibilidade.