Vampeta revela que ídolo do São Paulo lhe pediu cerveja e dançou em cima da mesa

HIstórias do Velho Vamp são da época em que estiveram juntos na França, no PSG

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 10 (AFI) - Vampeta foi um grande jogador e segue como um grande contador de "causos". Já até lançou um livro. No programa Os Canalhas, ele revelou que se surpreendeu com Raí, na época em que atuaram juntos no PSG. O ídolo do São Paulo terá lhe pedido cerveja e até dançado em cima da mesa.

"O Raí me levou para jantar, restaurante francês, tudo fino. O pessoal tudo em cima do Raí, e eu quieto. O Raí aqui tomando um vinho, todo educado. Daqui a pouco, Raí me chamou para ir numa balada".

"Causos" do Velho Vamp. (Foto: CBF / Divulgação)
"Saímos do restaurante e fomos na balada. Aí eu olhei o Raí dançando em cima da mesa e falei: 'Os caras falam que eu que sou maluco e o Raí que é certo?", contou o pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira.

AQUELA BREJA!
Em outro episódio revelado pelo ex-volante do Corinthians, Raí, hoje dirigente do São Paulo, teria pedido cerveja para encarar uma premiação musical ao vivo no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

"O meu par era a Danielle Winitz, atriz da Globo. O Raí com a Claudia Raia. O Raí tinha que entregar para Sertanejo e eu tinha que entregar para MPB no Theatro Municipal do Rio, festa de gala", contou Vampeta.

"Aí o Raí falou 'Vampeta, é ao vivo. Porra, não dá para ir de cara, tem que rolar uma cerveja aí'. Arrumei 10 latinhas para ir pronto, para chegar calibrado. E eu falava assim, 'porra, era eu que tinha que estar pedindo as cervejas e é o Raí que está pedindo", finalizou.