Agora livre, meia-atacante Roni estuda se jogará no Brasil ou no Japão em 2019

Atleta não renovou com o São Paulo, clube que tinha contrato desde 2013

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 07 (AFI) - O meia-atacante Roni está livre no mercado. Após cinco anos em contrato com o São Paulo, o atleta não renovou com o Tricolor e agora ouve propostas para acertar com um clube para 2019. Em 2019, Roni defendeu Belenenses (POR), Adanaspor (TUR) e São Bento, que ajudou a garantir a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro.

“A temporada passada foi bastante intensa. Pude jogar em uma grande liga como a portuguesa, voltai pra Turquia onde já havia ido muito bem em 2016/2017 e ajudei o São Bento a se manter na Série B”, disse o atleta.
Quando assinou com o São Paulo, Roni era um dos destaques do Mogi Mirim no Campeonato Paulista de 2013. Desde então ele defendeu não só o Tricolor como também Goiás, Coritiba, Ponte Preta, Paysandu e Ceará, sempre emprestado.
Roni em ação pelo Belenenses (Foto: Oficial/Belenenses)
Roni em ação pelo Belenenses (Foto: Oficial/Belenenses)
“Sou muito grato ao São Paulo por ter me dado a oportunidade de jogar em um clube tão grande. Mas agora que estou livre, posso negociar diretamente com qualquer clube sem depender de ninguém. Meus empresários estão conversando com alguns clubes e logo sentaremos para definir qual será meu próximo passo.”
A dúvida que paira a cabeça de Roni é: seguir no Brasil ou ir novamente para o exterior?
“Tenho propostas para seguir aqui (no Brasil) e para jogar no Japão. São coisas boas, mas que ainda não decidimos o que será o melhor. Por enquanto tenho aproveitado as férias com a minha família. A gente passa tanto tempo longe viajando para jogar que esses momentos eu procuro aproveitar ao máximo”, completou o meia-atacante.
 
 
" />