Jogando na Croácia atualmente, Bady comemora o gol 50 da carreira

O atacante, agora, foca suas atenções na reta final da competição para salvar a equipe do rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 11 (AFI) - Marca importante de um jogador brasileiro em terras européias. Emprestado pelo Gençlerbirligi, da Turquia, ao NK Istra, da Croácia, o meia Bady, ex-Rio Preto, Ponte Preta, Atlético Paranaense e Figueirense, anotou no último final de semana o seu gol de número 50 na carreira. Motivo de comemoração.

Até por alguns outros motivos. Primeiro por se tratar de um golaço. O brasileiro recebeu e, de fora da área, uma de suas principais características, arriscou e acertou um lindo chute no ângulo. E segundo pela imporância. O gol manteve o NK Istra fora da zona de rebaixamento.

Jogando na Croácia atualmente, Bady comemora o gol 50 da carreira: ‘Marca muito legal’
Jogando na Croácia atualmente, Bady comemora o gol 50 da carreira: ‘Marca muito legal’

“Foi realmente uma jogada de felicidade. Eu costumo mesmo arriscar de fora da área quando as chances aparecem. Fui feliz. Peguei bem na bola e logo quando ela saiu do meu pé já imaginei que entraria. Fico feliz também de ser o meu gol 50 na carreira. Estava buscando isso e é uma marca muito legal. Sabia que desde que cheguei aqui faltava só um. Bom que saiu e que foi nesse jogo importante”, afirmou o meia, que tem 10 jogos pela equipe croata.

ATENÇÃO TOTAL NA RETA FINAL
Bady, agora, foca suas atenções na reta final da competição. O time atualmente é o nono dos 10 clubes na competição e assim disputaria o playoff contra o rebaixamento. O último colocado cai de maneira direta.

“Nos últimos jogos não conseguimos render e caímos de produção. Até por isso perdemos nossa gordura e caímos na tabela também. Temos que melhorar e sabemos disso. É um campeonato muito difícil, equilibrado. Aqui eles apostam muito na força, nos lançamentos. Vamos brigar para nessa reta final melhorarmos na tabela”, finalizou o jogador, que completou nos últimos dias 29 anos de idade.