Thiago Santos agride treinador ao ser substituído na Bolívia

O jogador do Nacional de Potosí ainda tentou acertar um chute em outro membro da comissão técnica

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - A goleada aplicada pelo Sport Boys sobre o Nacional Potosí, por 4 a 0, pelo Campeonato Boliviano, foi ofuscada por uma atitude lamentável do brasileiro Thiago Santos. O meia do Nacional empurrou o treinador Edgardo Malvestiti ao ser substituído. (Veja o vídeo abaixo)

O fato aconteceu aos 33 minutos do primeiro tempo. Ao deixar o campo para a entrada de Eliseo Dury, Thiago Santos, visivelmente irritado, deu um forte empurrão no treinador, que quase caiu para trás. O brasileiro xingou bastante Malvestiti e precisou ser contido pelos companheiros.

Thiago Santos perdeu a cabeça ao ser substituído na derrota do Nacional de Potosí (Foto: Divulgação/Alvaro Duran Herrera)
Thiago Santos perdeu a cabeça ao ser substituído na derrota do Nacional de Potosí (Foto: Divulgação/Alvaro Duran Herrera)

Ainda dentro de campo, Thiago Santos bateu boca e tentou acertar um chute em outro membro da comissão técnica. Depois da confusão, o meia foi expulso pelo árbitro e deixou o gramado xingando Edgardo Mavestiti.

Thiago Santos tem 33 anos e no futebol brasileiro passou por Coritiba, Paraná, Cianorte, Macaé, Londrina, Bragantino, Cuiabá, J. Malucelli, Guarany de Sobral, CSA e Rio Branco-PR, além de ter atuado também na Bélgica, Chipe e Bolívia. Pelo Nacional de Potosí-BOL, o meia tem três gols em 28 jogos.

 
 
" />