Candangão: FFDF e clubes aguardam recurso do Governo sobre futuro do estadual

Federação e os times da elite aguardam recurso do GDF sobre a decisão da Justiça que parou a competição

por Sérgio Porto

Brasília, DF, 08 (AFI) - Na véspera do início da última rodada da primeira fase do Candangão 2021, o desembargador federal Souza Prudente, anulou o efeito suspensivo obtido pelo Governo do Distrito Federal e que permitia a continuidade das competições esportivas na Capital do Brasil. A decisão é baseada pela alta incidência de Covid-19.

Com isso, mais uma vez ficam suspensas todas as partidas previstas da sexta rodada do Candangão que começariam a ser disputadas nesta sexta-feira com Capital e Taguatinga. Os outros cinco jogos estavam previstos para aconteceram no sábado, com todas as partidas em horários simultâneos.

Federação e clubes aguardam recurso do GDF sobre a decisão da Justiça que parou o Candangão
Federação e clubes aguardam recurso do GDF sobre a decisão da Justiça que parou o Candangão
O Governo do Distrito Federal já recorreu da decisão da justiça e aguarda o julgamento do recurso. Enquanto isso, o diretor técnico da Federação de Futebol do Distrito Federal, Márcio Coutinho, afirmou que:

“Só nos resta esperar. Estamos atentos e assim que tivermos uma nova decisão, vamos tomar as providências necessárias”, disse o dirigente da Federação de Brasília.

AFETANDO TAMBÉM A SUPERCOPA DO BRASIL
Não é só o Candangão que está paralisado. A decisão da Supercopa entre Flamengo x Palmeiras, no domingo no estádio Mané Garrincha, no Distrito Federal, também foi afetada pela medida, assim como também, os outros eventos esportivos previstos para a próxima semana, caso de Palmeiras x Defensa y Justicia, além de Santos x San Lorenzo pela pré-Libertadores.