CANDANGÃO: Gama vence Brasiliense nos pênaltis e fatura bicampeonato

O Gama reverteu vantagem de dois gols no tempo normal, batendo time formado pelos experientes Douglas, Zé Love e Marcos Aurélio

por Sérgio Porto

Brasília, DF, 29 (AFI) - Depois de ter sido derrotado por 3 a 1 no primeiro jogo, o Gama reagiu, bateu o Brasiliense nos pênaltis e é campeão do Candangão 2020. Na tarde do sábado, no estádio Bezerrão, na Cidade Satélite do Gama, no Distrito Federal, o Gama venceu por 2 a 0 no tempo normal. Nos pênaltis, converteu todos os pênaltis batidos e venceu por 4 a 3, levando o bicampeonato.

A troféu foi batizado como "Marcelo Ramos", em homenagem ao Narrador e Repórter do Povão, que faleceu recentemente, aos 67 anos, por conta da covid-19.

OS GOLS E OS PENALTIS


O JOGO

A partida começou com as duas equipes se estudando. O Gama teve a primeira oportunidade aos oito minutos com Everton cruzando, Fernando Henrique fez uma boa defesa. Aos 18 minutos o lateral esquerdo Peu, do Gama, finalizou para fora. O Brasiliense respondeu aos 19 minutos com Zé Love cabeceando para fora, mas impedido.

GRANDE DEFESA

Aos 28 minutos, escanteio para o Gama, Wallace finalizou e o goleiro Fernando Henrique salvou o Brasiliense. Aos 31 minutos falta para o Gama e Andrei Alba cobrou e mais uma vez Fernando Henrique defendeu.

Aos 35 minutos contra ataque do Brasiliense com Romarinho chutando e o goleiro Rodrigo Calaça defendeu. Aos 37 minutos, Marcos Aurelio, do Brasiliense, fez boa jogada individual, mas finalizou para fora.

GAMA VAI PARA CIMA

No segundo tempo, aos quatro minutos, levantamento de Wallace, do Gama, e Nunes cabeceou para o fundo do gol. A arbitragem marcou impedimento. Aos 9 minutos uma blitz do Gama, mas o Brasiliense conseguiu se salvar.

PLACAR ABERTO

Aos 12 minutos, enfim o Gama abriu o placar. David Souza cruzou e Éverton conseguiu desviar rapidamente, de cabeça. Aos 18 minutos contra-ataque do Brasiliense com Romarinho, mas Zé Love não conseguiu concluir em gol. Aos 23 minutos o experiente Douglas chutou de longe e quase empatou o jogo.

Aos 32 minutos ataque do Gama e o atacante Everton foi derrubado na área, pênalti. Nunes cobrou e fez 2 a 0 para o Gama. O Gama continuou buscando o terceiro gol e Norton aos 48 minutos, praticamente no último lance, acertou o travessão.

DECISÃO DE PÊNALTIS

Nas cobranças de pênaltis, Michel Platini e Norton fizeram para o Gama, enquanto Zé Love e Douglas, aquelas mesmo, marcaram para o Brasiliense. Na terceira, Peu fez para o Gama e Rodrigo perdeu para o Brasiliense.

Malaquias, para o Gama, e Aldo, para o Brasiliense, fizeram a quarta cobrança. Na última, Sandy perdeu para o Jacaré e o Gama foi campeão sem precisar cobrar o quinto pênalti.

GAMA: Michel Platini (0); Norton (0); Peu (0); Malaquias (0);

BRASILIENSE: Zé Love (0); Douglas (0); Rodrigo (X); Aldo (0); Sandy (X)

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
2ª rodada
Data
29/08/2020
Horário
16h00
Local
Bezerrão - Gama (DF)
Árbitro
Savio Pereira Sampaio

Assistentes
Daniel da Silva Andrade e Jose Reinaldo Júnior

Cartões Amarelos
Gama: Émerson, Peu, Gustavo, Malaquias
Brasiliense: Badhuga , Romarinho, Aldo, Márcio Fernandes, Fernandinho

Cartões Vermelhos
Gama: Esquerdinha
Brasiliense: Esquerdinha
Gols
Gama: Everton 12' 2T, Nunes 32' 2T
Gama
Rodrigo Calaça;
David Souza (Gustavo Rambo), Gustavo, Émerson e Peu;
Wallace, Andrei Alba (Filipe Erley) e Esquerdinha (Michel Platini);
Vitor Xavier (Norton), Éverton (Malaquias) e Nunes.
Técnico: Vilson Tadei
Brasiliense
Fernando Henrique;
Bruno Lima, Badhuga, Rodrigo e Fernandinho (Railan);
Aldo, Esquerdinha, Marcos Aurélio (Douglas) e Peninha (Fabinho);
Romarinho (Sandy) e Zé Love.
Técnico: Márcio Fernandes