Após Flamengo, banco do DF formaliza intenção de patrocínio ao Candangão

O Governo do DF, maior acionista do Banco BRB, apresentou o protocolo de intenção de patrocínio ao esporte candango de R$ 6 milhões

por Sérgio Porto

Brasília, DF, 23 (AFI) - Depois da pressão da torcida organizada do Gama, a Ira Jovem, após o acordo de patrocínio firmado entre o Banco de Brasília e o Clube de Regatas do Flamengo, o Governo do Distrito Federal apresentou na manhã desta quinta-feira o protocolo de intenção de patrocínio ao esporte candango de R$ 6 milhões de reais.

Participaram do evento o presidente do Gama, Weber Magalhães, a diretora do Brasiliense, Luiza Estevão, do Minas Brasília, Naiara Alburquerque, como também o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos.

Coube ao presidente do Banco BRB, Paulo Henrique Costa conduzir a solenidade. A secretária de Esporte e Lazer do DF, Celina Leão, e o secretário especial do esporte do DF, Paulo Vitor, também participaram do evento.

Quem representou o Governo do Distrito Federal foi o Vice-Governador, Paco Brito. Não foram divulgados como serão distribuídos os valores aos clubes.

O Secretário Especial do Futebol, o ex-goleiro Paulo Vitor comentou que: “Os estádios Bezerrão, Augustinho Lima e Serejão já estão liberados para o Candangão. Falta agora o Governador Ibaneis Rocha assinar o decreto de liberação do futebol no Distrito Federal”, disse o ex-goleiro do Fluminense e seleção brasileira.