Série D: Brasiliense-DF se prepara para clássico e faz boa ação com zagueiro adversário

Jacaré encara o Gama-DF no próximo sábado; equipe bancou a cirurgia de Mailson, do Atlético de Alagoinhas-BA

por Sérgio Porto

Brasília, DF, 17 (AFI) - Depois de empatar em casa por 1 a 1 com o Bahia de Feira-BA, o Brasiliense-DF volta suas atenções para o clássico candango na Série D no próximo sábado, frente ao arquirrival Gama-DF, às 16h, no estádio Serejão.

Será o clássico de número 64. Até aqui foram 21 vitórias para cada clube, além de 21 empates. O último confronto, válido pela segunda rodada da Série D, aconteceu no Bezerrão, e teve vitória gamense por 2 a 1.

Com três desfalques por suspensão, dos zagueiros Preto Costa e Badhuga expulsos e do meia Maicon Assis, com o terceiro cartão amarelo recebido no empate com o Bahia de Feira-BA, o comandante Edson Souza busca alternativas para compor seu miolo de zaga. A boa notícia para o treinador é o retorno do atacante Zé Love, que havia sido expulso no confronto frente ao Atlético de Alagoinhas-BA e cumpriu suspensão na rodada passada.

Com 27 pontos ganhos e ocupando a segunda colocação do grupo A6 da Série D, o Brasiliense-DF já está classificado para a próxima fase da Série D. Neste momento estaria enfrentando o Goianésia-GO na próxima fase da quarta divisão nacional.

BRASILIENSE FAZ BOA AÇÃO COM ZAGUEIRO

No confronto que ocorreu na cidade de Alagoinhas, no interior baiano, o atacante Zé Love, do Brasiliense, foi expulso após se envolver no lance com o zagueiro Mailson, do Atlético de Alagoinhas-BA, que acabou tendo uma fratura na fíbula e foi encaminhado para um hospital da cidade baiana.

Mailson teve cirurgia bancada pelo Brasiliense (Foto: Divulgação/Brasiliense)
Mailson teve cirurgia bancada pelo Brasiliense (Foto: Divulgação/Brasiliense)
O Brasiliense então, em solidariedade ao atleta Mailson, propôs a vinda do jogador para Brasília para se submeter à cirurgia. Coube ao doutor Paulo Lobo, do clube candango, realizar o procedimento e o time de Taguatinga deu total apoio ao atleta.

“Tenho muita gratidão a todos os envolvidos no Brasiliense. Aqui me senti em casa. Eu fiquei surpreso com o apoio recebido, um misto de surpresa e felicidade”, disse Mailson ao site oficial do Brasiliense-DF.