Série D: Em desvantagem, Brasiliense se prepara para 'jogo do ano' contra o Tocantinópolis

No jogo de ida, o Jacaré acabou derrotado pelo placar de 1 a 0 e agora recebe o TEC, no Estádio Mané Garrincha

por Sérgio Porto

Brasília, DF, 11 (AFI) - O ano de 2020 além da Covid-19 para o Brasiliense, também a campanha do clube não tem sido muito inspiradora. Na Copa do Brasil foi eliminado pelo Paysandu após o empate em 1 a 1. No Campeonato Brasiliense, o time que era treinado pelo técnico Márcio Fernandes perdeu o título para o arquirrival Gama. Agora, a equipe precisa vencer para avançar a fase de grupos da Série D.

Com novo treinador, Edson Souza, vindo do futebol carioca, o Brasiliense está na fase pré-série D. Enfrentou o Tocantinópolis no jogo de ida em Tocantins e acabou perdendo por 1 a 0. No próximo domingo, a partir das 15 horas no estádio Nacional Mané Garrincha, o Brasiliense tem de vencer por dois gols de diferença para se classificar para a fase principal da série D. Vitória por um gol leva a decisão para as penalidades máximas. O Tocantinópolis joga com a vantagem do empate.

 Mané Garrincha será palco de Brasiliense e Tocantinopolis
Mané Garrincha será palco de Brasiliense e Tocantinopolis
Para este confronto que representa a sobrevivência do Brasiliense em 2020, pois a Copa Verde ainda não foi confirmada pela CBF, o técnico Edson Souza espera contar com a estrela do time, o meia Douglas que não atuou no jogo de ida. Outra dúvida do treinador é o meio campista Peninha, também que ficou fora do jogo na região do Bico do Papagaio, no interior de Tocantins.

A tendência é que o jacaré brasiliense possa entrar em campo formando com: Fernando Henrique; Railan, Badhuga, Rodrigo e Balotelli (Fernandinho); Aldo, Sandy (Douglas), Marcos Aurélio e Luquinhas (Peninha); Romarinho e Zé Love.

Quem se classificar no confronto entre Brasiliense x Tocantinópolis entrará no grupo A6 da série D, ao lado de Tupinanbás/MG, Bahia de Feira de Santana, Atlético/BA, Gama e Caldense/MG. O classificado estreará dia 20 de setembro frente ao Caldense/MG.

ARBITRAGEM
A Confederação Brasileira de Futebol já definiu que a partida terá a arbitragem capixaba de Dyorgenes José Padovani de Andrade, com os assistentes Fabiano Ramires e Katiuscia Mendonça. O quarto árbitro será Maguielson Lima, do Distrito Federal.