Série D: Técnico do Altos-PI exalta elenco após acesso e prega atenção com o Mirassol

Fernando Tonet relembra discurso motivador com o grupo e diz que equipe não abrirá mão da maneira de jogar

por Agência Futebol Interior

Altos, PI, 11 (AFI) - O técnico Fernando Tonet exaltou o elenco do Altos-PI após a conquista do acesso inédito para a Série C do Brasileiro, com a goleada por 5 a 1 diante do Marcílio Dias-SC, no último domingo, no estádio Felipão, pela volta das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D.

"Isso mostra a força e a qualidade do nosso grupo. Nós perdemos um jogo aqui (no estádio Felipão) o ano todo, desde que assumi o Altos, tivemos uma derrota nesse campo, que foi contra o São Raimundo-RR, pela primeira rodada (da Série D). Naquele momento, nós conversamos no vestiário, e o discurso foi de que começamos perdendo uma competição, mas o importante não é como começa e sim como termina. E nós terminamos com o acesso para a Série C. A equipe obedeceu taticamente às ideias da forma de jogar. Em muitos momento ficamos expostos no jogos, mas porque é uma equipe que busca o gol, que joga sempre para vencer, por isso estão de parabéns pelo resultado", disse o treinador em entrevista coletiva após a partida.

Fernando Tonet, técnico do Altos-PI (Foto: Reprodução/ge)
Fernando Tonet, técnico do Altos-PI (Foto: Reprodução/ge)

ATENÇÃO

Tonet garantiu que as atenções já começam a ser voltadas ao Mirassol, adversário da semifinal da Série D.

"Vamos estudar o adversário da mesma maneira que a gente vem estudando todos. Independente de ser um adversário forte, médio ou fraco, a análise do adversário é sempre feita minuciosamente e vamos estudar o Mirassol dessa maneira. Vamos continuar jogando da mesma maneira, jogar para vencer, com uma equipe ofensiva, tomando todos os cuidados onde o adversário apresenta pontos fortes para que a gente essa vaga agora na final do Campeonato Brasileiro", afirmou.

VANTAGEM

Por ter melhor campanha, o Altos-PI decide a vaga na final da quarta divisão nacional no estádio Felipão. Para o técnico, ainda que pequena, existe uma vantagem na decisão em casa.

"Sem dúvida ajuda. O fato de jogar em casa o último jogo, apesar de não ter torcida, o fator campo, o clima, a estrutura do estádio e o gramado facilita nosso jogo em casa. Não é uma vantagem enorme, é uma pequena vantagem, mas nos jogos decisivos, qualquer vantagem ajuda", concluiu.

Datas, local e horário das semifinais entre Altos-PI e Mirassol serão confirmados pela CBF, mas estão previstos para acontecer nos próximos fins de semana.