Aparecidense-GO 2 x 3 Mirassol - O acesso veio de forma heróica!

O Leão teve um jogador expulso aos 26 minutos do segundo tempo quando perdia por 1 a 0

por Agência Futebol Interior

Aparecida de Goiânia, GO, 09 (AFI) - Em uma partida emocionante, principalmente no segundo tempo, o Mirassol venceu a Aparecidense, por 3 a 2, no Estádio Aníbal Batista de Toledo, e garantiu o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro depois de 13 anos.

Essa será a terceira vez que o Leão Araraquarense vai disputar a terceira divisão nacional. Na partida de ida das quartas de final da Série D, o Mirassol havia feito o dever de casa e vencido a Aparecidense, por 2 a 1.

O adversário do Mirassol na semifinal da Série D será conhecido neste domingo, quando Marcílio Dias-SC e Altos-PI se enfrentam no Estádio Felipão, no Piauí. Na partida de ida, em Santa Catarina, os dois times ficaram no empate por 1 a 1.

VEJA OS GOLS COM SOM DO CANAL BRASIL

CAMALEÃO NA FRENTE
Precisando da vitória para pelo menos levar a decisão para os pênaltis, a Aparecidense começou a partida em cima. Mas a primeira grande chance foi do Mirassol. Aos seis minutos, Netto apareceu nas costas da zaga e bateu na saída do goleiro, que conseguiu desviar para escanteio.

A resposta da Aparecidense veio com Albano. Negueba desarmou Vinícius e Albano mandou nas mãos de Jeferson. Aos 17 minutos, Uederson cruzou e Alex Henrique se antecipou ao zagueiro para cabecear por cobertura do goleiro do Mirassol, abrindo o placar para os donos da casa.

Aparecidense saiu na frente, mas Mirassol conseguiu a virada (Foto: Leo Roveroni/Agência Mirassol)
Aparecidense saiu na frente, mas Mirassol conseguiu a virada (Foto: Leo Roveroni/Agência Mirassol)

POR MUITO POUCO

O empate do Leão Araraquarense quase veio na sequência. A zaga da Aparecidense vacilou e Igor Henrique mandou no cantinho, mas Tony foi buscar. O Mirassol sentiu o gol e o Camaleão parecia mais perto de fazer o segundo do que sofrer o empate.

Aos 34, a zaga amarela cortou mal e a bola sobrou para Negueba, que dominou no peito e chutou por cima. Os dois times ainda tiveram oportunidades antes do intervalo. Netto bateu rasteiro e Tony defendeu, enquanto Uederson finalizou rente a trave de Jeferson.

HAJA CORAÇÃO
Insatisfeito com a atuação do Mirassol, o técnico Eduardo Baptista realizou três mudanças no intervalo: Rafael Tavares, França e João Carlos entraram nos lugares de Igor Henrique, Cássio Gabriel e Fabrício Daniel. O segundo tempo começou equilibrado e sem lances de perigo.

Aos 11, Uederson cruzou rasteiro e Jeferson deu um tapa na bola, que sobrou para Negueba. O atacante pegou mal e isolou. A situação do Mirassol ficou mais complicada aos 26 minutos, quando França cometeu falta no goleiro Tony, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

LEÃO EMPATA E VIRA
Uma alteração feita por Eduardo Baptista mudaria a cara do jogo. Lucas Silva, que entrou no lugar de Daniel, cruzou rasteiro, a bola passou por toda a área da Aparecidense e encontrou Vinícius, que bateu de primeira e deixou tudo igual para o Mirassol.

Mirassol mostrou raça para virar com um jogador a menos (Foto: Leo Roveroni/Agência Mirassol)
Mirassol mostrou raça para virar com um jogador a menos (Foto: Leo Roveroni/Agência Mirassol)

Aos 33, Lucas Silva recebeu lançamento de João Carlos, dominou e bateu na saída de Tony para colocar o Leão Araraquarense na frente. Três minutos depois, Marcos Paulo recebeu na linha do pênalti e livre de marcação perdeu a chance de empatar o jogo e recolocar o Camaleão na disputa.

VOLTOU PARA A BRIGA, MAS NÃO DEU
A Aparecidense foi para o tudo ou nada. Aos 41, Marcos Paulo bateu e Jeferson fez grande defesa. Três minutos depois, ele mesmo aproveitou cruzamento e deixou tudo igual de cabeça. Precisando de um gol para levar a decisão para os pênaltis, o Camaleão viu uma luz no fim do túnel.

No entanto, aos 48, Lucas Silva invadiu a área e foi derrubado. O árbitro assinalou pênalti. João Carlos deslocou o goleiro e garantiu o acesso do Mirassol.

Ficha Técnica

Fase
Quartas de final
Rodada
2ª rodada
Data
09/01/2021
Horário
16h00
Local
Aníbal Batista de Toledo - Aparecida de Goiânia (GO)
Árbitro
Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes
Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

Cartões Amarelos
Aparecidense-GO: Bruno Henrique, Rayro
Mirassol-SP: Moraes, França, Jeferson, Oliveira

Cartões Vermelhos
Mirassol-SP: França
Gols
Aparecidense-GO: Alex Henrique 17' 1T, Marcos Paulo 43' 2T
Mirassol-SP: Vinicius 28' 2T, Lucas Silva 33' 2T, João Carlos 49' 2T
Aparecidense-GO
Tony;
Rafael Cruz (Marcos Paulo), Renato, Ícaro e Rayro (Cardoso);
Bruno Henrique (Bessa), Rodriguinho e Albano;
Negueba (Rafael Soares), Uederson (Édipo) e Alex Henrique.
Técnico: Thiago Carvalho
Mirassol-SP
Jeferson;
Vinícius, Danilo Boza, Heitor e Moraes;
Daniel, Alisson, Igor Henrique (Rafael Tavares depois Oliveira) e Cássio Gabriel (França);
Netto (Lucas Silva) e Fabrício Daniel (João Carlos).
Técnico: Eduardo Baptista