Caxias-RS 0 x 0 Pelotas-RS - Ruim para ambos visando sequência do Grupo A8

Ambos ficam com 17 pontos - os visitantes levam a melhor no saldo de gols: 10 contra 1

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, RS, 13 (AFI) - Caxias-RS e Pelotas-RS se enfrentaram na tarde desta sexta-feira (13), pela 12.ª e antepenúltima rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D, e empataram sem gols. O pouco movimentado duelo foi disputado no estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS).

O resultado foi ruim para ambas as equipes visando a sequência do Grupo A8. Ambos ficam com 17 pontos - os visitantes levam a melhor no saldo de gols: 10 contra 1. Novorizontino-SP, com 30, lidera, enquanto Joinville-SC, com 16, fecha o G-4. Marcílio Dias-SC, com 15, e São Luiz-RS, com 14, ainda têm chances.

Foto: Luiz Erbes / SER Caxias do Sul - Foto: Luiz Erbes / SER Caxias do Sul
Foto: Luiz Erbes / SER Caxias do Sul

O DUELO
O confronto teve poucas emoções. Curiosamente, logo a três minutos, Bruno Ré, de cabeça, quase abriu para os donos da casa. Os visitantes responderam no finalzinho da etapa inicial. Aos 41, Hugo Sanches bateu escanteio, Gabriel Silva conseguiu desviar, também de cabeça, mas o goleiro Marcelo Pitol fez um ‘milagre’. O único bom momento do segundo tempo saiu com um minuto, quando Ivan exigiu boa intervenção de Renan em cobrança de falta.

PRÓXIMOS JOGOS
Ambas as equipes voltam a campo no próximo sábado (14), às 15h. O Caxias vai ao Domingos Gonzales, em Tubarão (SC), enfrentar o Tubarão-SC, enquanto o Pelotas-RS recebe o Novorizontino-SP, em Pelotas (RS), na Boca do Lobo.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
12ª rodada
Data
13/11/2020
Horário
16h00
Local
Centenário - Caxias do Sul (RS)
Árbitro
Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)

Renda
---
Assistentes
Fabricio Lima Baseggio (RS) e Tiago Augusto Kappes Diel (RS)

Público
Portões fechados
Cartões Amarelos
Caxias-RS: Ivan, Erik, Claudinho
Pelotas-RS: Marcelo

Caxias-RS
Marcelo Pitol;
Ivan, Mailson (Erik), Thiago Sales e Bruno Ré;
Juliano (Marabá), Felipe Tontini (Diogo Oliveira), Yuri e Matheuzinho (Marcelo Campanholo);
Giovane Gomez e Claudinho (Juninho Potiguar).
Técnico: Rafael Lacerda
Pelotas-RS
Renan;
Marcelo, Gabriel Silva, Fábio Alemão e Gabiga;
Moisés, Hugo Sanches (Matheus Goiano), Ramires (Paulinho) e Itaqui;
Marcão (Milla) e Ariel (Juliano).
Técnico: Ricardo Colbachini