Líder do Grupo 4 da Série D demite técnico gringo após vitória em casa

Próximo desafio do Vitória da Conquista será contra o Jacyobá no sábado, às 15 horas, no Estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca

por Agência Futebol Interior

Vitória da Conquista, BA, 15 (AFI) - No futebol brasileiro o que vale é o resultado. Venceu fica, perdeu cai fora. A diretoria do Vitória da Conquista, porém, quis inovar e mandou embora o técnico boliviano Joaquín Monastério mesmo após o triunfo sobre o Itabaiana, por 2 a 1, e a liderança no Grupo 4 da Série D do Campeonato Brasileiro.

"A diretoria do ECPP-VC comunica o desligamento do treinador Joaquín Monastério. O processo para conseguir o visto de trabalho vem se arrastando a meses e devido a toda essa burocracia, não foi possível a continuidade do trabalho", explicou o clube baiano em nota oficial.

Demitido mesmo na liderança. (Foto: Divulgação)
Demitido mesmo na liderança. (Foto: Divulgação)
O último triunfo deixou os baianos na liderança com dez pontos. São três vitórias em seis jogos, um empate e só duas derrotas. Aproveitamento de 55,6%.

"Agradecemos pelos serviços prestados e desejamos boa sorte em sua trajetória. Assume interinamente o auxiliar Guilhermino Lima", completa a nota.

O próximo desafio do Vitória da Conquista será contra o Jacyobá no sábado, às 15 horas, no Estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca, pela sétima rodada.

QUEM É ELE!
Joaquín, de 36 anos, é bacharel em Ciências Humanas, obtém Licença "A" credenciada pela Federação Boliviana de Futebol, além de vários cursos como " Novas Tendências e Tecnologias no Futebol", "Preparação Física em Alto Nível", entre outros.

O treinador é um ex jogador de futebol e iniciou sua trajetória como treinador nas divisões de base do Oriente Petrolero e também trabalhou no Santa Cruz de La Sierra. Ele chegará na próxima semana para conhecer a estrutura do clube e iniciar o planejamento de treinos. A apresentação do elenco está prevista para o dia 24 de agosto.