Elenco de time da Série D declara greve por conta de atraso nos salários

Jogadores do Central-PE não treinaram nesta quinta-feira e ameaçam não jogar na próxima rodada da competição

por Agência Futebol Interior

Caruaru, PE, 15 (AFI) - Em crise, o Central-PE tem passado por dias turbulentos. O time da Série D do Brasileiro viu seus jogadores declararem greve nesta quinta-feira devido ao atraso nos salários.

Além disso, o elenco ameaçou não entrar em campo contra o Coruripe, pela próxima rodada da Série D. Os jogadores chegaram a se reapresentar no estádio Lacerdão após o empate contra o Vitória da Conquista, fora de casa, mas só iniciariam os treinamentos se houvesse pagamento de pelo menos um mês de salário, algo que não aconteceu, segundo informou o ge.
Elenco do Central-PE declarou greve nesta quinta-feira (Foto: Divulgação)
Elenco do Central-PE declarou greve nesta quinta-feira (Foto: Divulgação)

A diretoria do Central ofereceu acordo para acertar cerca de 5% dos salários atrasados, mas a proposta foi negada pelo elenco. Os atrasos chegam a três meses para alguns atletas e ultrapassam os quatro meses em outros casos.

Diante da crise, o Diretor de Futebol do Central-PE, Antônio Arruda, pediu desligamento do clube. No início desta semana, o técnico Sílvio Criciúma chegou a ser demitido do carga, mas a diretoria voltou atrás após pressão do elenco.