Série D: Após pressão do elenco, Central-PE volta atrás e decide manter treinador

Silvio Criciúma chegou a ser desligado nesta manhã, mas 15 jogadores ameaçaram não entrar em campo e a diretoria recuou

por Agência Futebol Interior

Caruaru, PE, 12 (AFI) - Após pressão exercida por parte do elenco, o Central-PE voltou atrás na decisão de demitir o técnico Sílvio Criciúma. O anúncio do desligamento chegou a ser feito na manhã desta segunda-feira, mas alguns jogadores ameaçaram não entrar em campo caso o comandante deixasse o clube.

O Central informou em nota que, após reunião entre a diretoria e os jogadores, Sílvio Criciúma foi mantido no cargo a pedido dos jogadores. No total, 15 atletas da equipe, incluindo todos os titulares, ameaçaram não viajar até Sergipe para enfrentar o Freipaulistano, na quarta-feira, pela sexta rodada da Série D.
Central-PE voltou atrás na decisão de demitir Sílvio Criciúma (Foto: Divulgação)
Central-PE voltou atrás na decisão de demitir Sílvio Criciúma (Foto: Divulgação)

Esta não é a primeira vez que Silvio Criciúma passa por essa situação durante a Série D. Antes mesmo da estreia, o técnico foi demitido do cargo, mas a história foi a mesma: os jogadores ameaçaram não entrar em campo e a diretoria voltou atrás. Vale ressaltar que o elenco está com salários atrasados em três meses.

A equipe ainda não venceu na Série D e soma cinco empates nas cinco partidas disputadas. Na última rodada, ficou no empate em 1 a 1 com o Vitória da Conquista-BA e volta a campo para enfrentar o Freipaulistano-SE, quarta-feira, às 16h, fora de casa.

CONFIRA A NOTA DO CENTRAL-PE

Informamos que, após reunião da Diretoria e atletas o técnico Silvio Criciúma permanece no comando do Alvinegro Caruaruense. O pedido foi feito pelos jogadores.

Atenciosamente: Departamento de Comunicação do Central Sport Club.