Vilhenense-RO 1 x 1 Independente-PA - Péssimo resultado para a dupla Grupo A1

Com o resultado, os donos da casa ficam na sexta colocação, com seis pontos, um a mais do que o Atlético-AC e dois acima dos visitantes

por Agência Futebol Interior

Vilhena, RO, 18 (AFI) - Vilhenense-RO e Independente-PA se enfrentaram na noite deste domingo (18), no Portal da Amazônia, em Vilhena (RO), pela sétima rodada da primeira fase, a última do primeiro turno,e empataram, por 1 a 1, ficando ainda mais distantes da classificação ao mata-mata do Campeonato Brasileiro da Série D.

Espaço incorporado por HTML (embed)

Com o resultado, os donos da casa ficam na sexta colocação, com seis pontos, um a mais do que o Atlético-AC e dois acima dos visitantes. A zona de acesso à próxima fase é composta por Bragantino-PA e Galvez-AC, com 13, Rio Branco-AC, com 12, e Fast Clube-AM, com 10. O Ji-Paraná-RO, com oito, é quinto.

Foto: Reprodução / MyCujoo - Foto: Reprodução / MyCujoo
Foto: Reprodução / MyCujoo

A PARTIDA
O primeiro tempo pertenceu aos donos da casa, que contavam com atuação inspirada da Edilsinho e Japa para pressionar. No entanto, Giovani, aos 31 minutos, é quem abriu o placar. Na etapa final, os visitantes se acertaram, equilibraram as ações e conseguiram o empate, aos 23, com Gabriel, após bate-rebate dentro da área.

PRÓXIMOS JOGOS
Curiosamente, as duas equipes voltam a se enfrentar no meio de semana. O novo encontro acontece na quarta-feira (21), às 15h, no estádio Navegantão, em Tucuruí (PA), pela oitava rodada da primeira fase.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
7ª rodada
Data
18/10/2020
Horário
18h00
Local
Portal da Amazônia - Vilhena (RO)
Árbitro
Silvio André Loureiro (MT)

Assistentes
Valdebranio da Silva (RO) e Joverton Wesley (RO)

Cartões Amarelos
Vilhenense-RO: Giovani, Pablo, Marcelo, Deiblydy
Independente-PA: Bruno Costa

Cartões Vermelhos
Independente-PA: Renatinho
Gols
Vilhenense-RO: Giovani 31' 1T
Independente-PA: Gabriel 23' 2T
Vilhenense-RO
Gil;
Giovanni Lucas, Lucão, Tuquinha (Thiago Silva) e Lucas Santos;
Deiblydy, Paulo Henrique (Vitor Guedes) e Edilson (Ricardo);
Giovanni Pietro, Marcelo (Patrick) e Pablo Comeane.
Técnico: Felipe Romário
Independente-PA
Renan Paredão;
Helber, Bruno Costa (Emerson Carlos) e Natan;
Ray Gol, Geovani (Renatinho), Pedrão, Cocão e Ezequias;
Davi Caça-Rato (Gabriel) e Guilherme (Danrlei depois Tucuruí).
Técnico: Carlos Figueiredo