Nacional-PR 1 x 2 Bangu-RJ - Banguzão segue invicto e assume liderança provisória!

Equipe carioca chegou à ponta do Grupo A7 e espera a conclusão da quinta rodada da Série D

por Agência Futebol Interior

Rolândia, PR, 11 (AFI) - O Bangu-PR segue invicto no Campeonato Brasileiro da Série D. A equipe carioca visitou o Nacional-PR neste domingo e venceu por 2 a 1 no estádio Erich George, pela quinta rodada do certame.

Com o resultado, o Alvirrubro chegou aos 11 pontos e assumiu a liderança provisória do Grupo A7, com 11 pontos. O Alvi-Celeste está na sétima colocação, com cinco pontos.

O JOGO

O Bangu-RJ não fez distinção em seu modo de jogo atuando como visitante. Com ritmo forte, a equipe abriu o placar logo aos três minutos, com o zagueiro Paulo Victor, de cabeça, após cruzamento em cobrança de falta.

Bangu-RJ venceu o Nacional-PR por 2 a 1 pela Série D (Foto: Reprodução)
Bangu-RJ venceu o Nacional-PR por 2 a 1 pela Série D (Foto: Reprodução)

A pressão não diminuiu e os cariocas levavam perigo principalmente na jogada aérea, imparável aos paranaenses.

Visando mudar o panorama do jogo na etapa final, o Nacional-PR tratou de empatar aos 11 minutos, em lindo chute de fora da área de Copetti, que só parou no ângulo do gol adversário.

No entanto, o Bangu voltou a aumentar o ritmo. Aos 37', quase marcou com Felipinho e aos 39', em bobeada da defesa Alvi-Celeste, Caio Cezar roubou a bola, levou para o meio da área e marcou o gol da vitória do Bangu-RJ.

COMPROMISSOS

Pela sexta rodada da Série D, o Nacional-PR recebe o FC Cascavel-PR, na quarta-feira, às 16h. Mais tarde, às 20h30, o Bangu-RJ visita o Toledo-PR.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
5ª rodada
Data
11/10/2020
Horário
15h30
Local
Erich George - Rolândia (PR)
Árbitro
Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS)

Assistentes
Andrey Luiz de Freitas (PR) e Roberto Rivelino dos Santos Junior (PR)

Cartões Amarelos
Nacional-PR: Ariel
Bangu-RJ: Marcinho

Gols
Nacional-PR: Copetti 11' 2T
Bangu-RJ: Paulo Vitor 3' 1T, Caio Cezar 38' 2T
Nacional-PR
Regis;
Tetê (Saulo), Igor, Ryan e João Victor;
Ariel, Elionay (Gian) e Copetti (Gustavo);
Kenu, Weverton e JP (Irving).
Técnico: Ney de Paula
Bangu-RJ
Luciano;
Edu Grasson, Lobão, Paulo Victor (Felipinho) e Lucas Sampaio (Magno);
Felipe Dias, Juliano (Marcinho) e Miller;
Trindade (Bruno Moura), Caio Cezar e Lessa (Dudu).
Técnico: Eduardo Allax