Série D: Confusão em 2019 tirou atacante do Marcílio Dias da estreia; veja nota

Titular da equipe no Campeonato Catarinense, Nathan Ferreira está suspenso por seis jogos; clube tentará reduzir pena

por Agência Futebol Interior

Itajaí, SC, 22 (AFI) - O Marcílio Dias-SC emitiu nota a fim de explicar a ausência do atacante Nathan Ferreira, titular da equipe, na estreia do Campeonato Brasileira da Série D, em derrota para o Pelotas por 1 a 0 fora de casa.

O clube afirma que o atleta se envolveu em uma confusão no ano passado, quando atuava pela Patrocinense, na partida diante do Juazeirense, pela Série D. O atacante não chegou a ser advertido, mas teve seu nome citado em denúncia futura e acabou punido por seis partidas, após julgamento à revelia, ou seja, sem a presença do réu: no caso, Nathan Ferreira.

A nota ainda informa que o Marcílio Dias tentará reduzir ou anular a suspensão de seu atacante para que ele possa atuar o quanto antes.

Nathan Ferreira perdeu a estreia do Marcílio Dias na Série D por conta de confusão em 2019 (Foto: Bruno Golembiewski/CNMD)
Nathan Ferreira perdeu a estreia do Marcílio Dias na Série D por conta de confusão em 2019 (Foto: Bruno Golembiewski/CNMD)
CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA

O Clube Náutico Marcílio Dias vem por meio desta nota esclarecer o motivo da ausência do atleta Nathan Ferreira na estreia do Campeonato Brasileiro da Série D. O atacante ficou de fora da partida realizada no último sábado (19) frente ao EC Pelotas.

No dia 23/06/2019, Nathan se envolveu em uma confusão generalizada que aconteceu no pós-jogo entre Patrocinense x Juazeirense pela Série D. O atleta não chegou a levar cartão amarelo ou vermelho, não teve seu nome citado na súmula de jogo, porém foi citado posteriormente como um dos envolvidos por causa de uma filmagem do jogo. Ele foi julgado à revelia, sendo punido com 6 jogos de suspensão já que o antigo Clube dele não enviou advogado de defesa e não comunicou o atleta (responsabilidades do ex-clube).

O Marcílio Dias, no dia 01/09/2020 (18 dias antes da estreia na Série D), às 18h15, solicitou consulta junto ao STJD via e-mail (caminho correto) questionando a condição disciplinar dos atletas. O Clube não obteve resposta até o dia de hoje.

Após a inserção do resultado do teste de Covid-19 no sistema e a liberação para a confecção da Pré-Súmula na véspera da partida, o próprio sistema da CBF acusou a suspensão de seis jogos para Nathan. O Departamento Jurídico do Clube imediatamente fez a consulta dos resultados de todas as turmas, de maneira manual, encontrando a tal decisão que havia punido o jogador.

Ao consultar o atleta, ele não sabia da citação, da audiência e tampouco o resultado do julgamento.

O Marcílio Dias está tomando as devidas providências para reduzir ou suspender a punição do atleta visando tê-lo em condições de jogo o quanto antes.

O Clube também aproveita para fazer um alerta sobre informações falsas que andam circulando. Todas as informações pertinentes vêm do próprio Marcílio Dias por meio de seus canais e redes sociais oficiais.