Galvez-AC 1 x 5 Fast Clube-AM - Rolo Compressor joga bem e atropela o Galvez

Com a goleada sofrida, o Imperador Galvez é o último do Grupo 1

por Manoel Façanha

Rio Branco, AC, 20 (AFI) - O Galvez começou com o pé esquerdo sua participação na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D/2020. Neste domingo (20), na Arena Acreana, o campeão acreano foi, literalmente, atropelado pelo Fast Club-AM, por 5 a 1. Charles (aos 20’), Bernardo (aos 38’) e Charles (aos 25”), Deivison (aos 30”) e Geraldo (aos 31”) fizeram os gols do Rolo Compressor. Wanderson Negrão (aos 3”) descontou para o Imperador Galvez.

Com a derrota, o Imperador Galvez divide a última posição da chave ao lado de Vilhenense-RO e Independente-PA. Os três clubes ainda não pontuaram na competição. Já o Fast Club-AM lidera a chave, juntamente com Bragantino-PA e Rio Branco, mas o Rolo Compressor tem melhor saldo de gols.

VEJA A MAIOR GOLEADA DA SÉRIE D

PRÓXIMOS JOGOS

No próximo sábado (26), o Galvez vai a cidade de Tucuruí, interior do Pará, para encarar o Independente-PA. O jogo será disputado no estádio Navegantão, às 16h de Brasília. Os dois times não pontuaram na primeira rodada e precisam somar pontos. No mesmo dia, às 21h30 de Brasília, o Fast Club-AM recebe o Rio Branco-AC.

JOGO

Com um futebol mais envolvente e organizado taticamente, o Fast Club-AM foi bem superior que o Galvez no primeiro tempo. A primeira grande chance de gol saiu de um chutaço de Dênis Pedra com a bola passando perto do travessão do goleiro Miller, aos 9 minutos. O Galvez respondeu um minuto depois. O atacante Wanderson Negrão recebe no ataque, passa pelo zagueiro e finaliza para boa defesa de Rangel, que manda para escanteio.

Foto: Manoel Façanha
Foto: Manoel Façanha

Com mais volume de jogo e criando as melhores oportunidade de gols, o Rolo Compressor abre o placar aos 20 minutos, após penalidade de Jadson em cima Daivison. Charles cobra bem e abre o placar. Pouco criativo e sonolento, o Imperador Galvez quase sofre o segundo gol do Rolo Compresso num contra-ataque. Charles recebe na entrada da área, abre espaço e finaliza para defesa parcial do goleiro Miller.

PRESSÃO

A pressão do Rolo Compresso era tamanha que, antes de marcar o segundo gol, o time criou outras quatro oportunidades de ampliar a vantagem no placar. No entanto, aos 38 minutos, a baliza do goleiro Miller cai novamente. O lateral direito Bernardo faz grande jogada na área imperialista e finaliza no canto direito de Miller.

O Galvez retorna dos vestiários ligado e marcando a saída de bola do adversário, tanto que diminui a vantagem aos 3 minutos, numa boa finalização do atacante Wanderson Negrão.O Fast não sente o gol e continua melhor na partida e criando várias oportunidades de gols. Num lance inusitado, pelo lado esquerdo, após cruzamento, a bola belisca a trave do Galvez, aos 16 minutos.

FECHANDO O CAIXÃO

O terceiro gol do Rolo Compressor era questão de tempo. Joel perde a bola na frente da área. Charles recebe o lançamento e finaliza sem chance para o goleiro imperialista Miller, aos 25 minutos.

Cinco minutos depois, o volante Neto faz penalidade infantil no ataque do Rolo Compressor. Deivison não desperdiça e o placar vira goleada: 4 a 1.
Um minuto depois, a zaga do Imperador Galvez sofre apagão. Geraldo, fresquinho no jogo, faz o quinto gol do clube manauara.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
1ª rodada
Data
20/09/2020
Horário
19h00
Local
Arena da Floresta - Rio Branco (AC)
Árbitro
Anderson Ribeiro Gonçalves (GO)

Assistentes
Rener Santos de Carvalho (AC) e Mario Jorge Ferreira Lima Junior (AC)

Cartões Amarelos
Galvez -AC: Giovani, Jadson, Joel
Fast Clube-AM: Pelézinho , Ítalo , Daivison

Gols
Galvez -AC: Wanderson 4' 2T
Fast Clube-AM: Charles 22' 1T, Bernardo 38' 1T, Charles 24' 2T, Daivison 29' 2T, Geraldo 31' 2T
Galvez -AC
Luiz Miller;
Joanderson, Jadson (Cristian), Weverton e Giovani (Erick);
Joel (Capa), Neto e Daniego;
Mamude (Nickson), Felipe e Wanderson (Cadora).
Técnico: Zé Marco
Fast Clube-AM
Rangel;
Bernardo, Alison, Bernardo Benjamin e Souza (Germano);
Dênis Pereira, Pelézinho (Igor), Charles e Emerson Bacas (Geraldo);
Daivison (Negueba) e Caíque (Italo).
Técnico: Ricardo Lecheva