Série D: Com arquibancada esgotada, Manaus pode bater recorde da Arena da Amazônia

A partida de quartas de final, contra o Caxias, já passou perto do recorde, que pode ser quebrado na final, neste domingo

por Agência Futebol Interior

Manaus, AM, 15 (AFI) – A final da Série D do Campeonato Brasileiro promete mexer com a capital amazonense. Depois de divulgar que mais de 30 mil ingressos tinham sido vendidos, o Manaus FC comunicou sua torcida que não há mais entradas para a arquibancada.

Com todos os ingressos disponíveis vendidos nesse setor, restam apenas as entradas VIP, no valor de R$ 100, que dão acesso à arquibancada inferior central, localizada atrás dos bancos de reserva, com água e refrigerante oferecidos gratuitamente.

CONFIANÇA NA VITÓRIA
Após um empate por 2 a 2 no Augusto Bauer, em Brusque, o time amazonense está confiante em uma vitória em casa, no próximo domingo, às 16 horas, na Arena da Amazônia.

Essa confiança gerou uma procura acima da média da torcida, que promete lotar o estádio para empurrar a equipe da cidade em busca do inédito título.

RECORDE DO ESTÁDIO

Existe a expectativa que a partida quebre o recorde de público da Arena da Amazônia. Nas quartas de final, o Manaus já passou perto do feito.

Contra o Caxias, o Manaus levou 44.121 torcedores ao estádio, 298 a menos do que o recorde do clássico entre Vasco e Flamengo pelo Campeonato Carioca de 2016.

Vale ressaltar que o estádio já foi até palco de jogos importantes da Copa do Mundo de 2014, como o confronto entre Inglaterra e Itália, que teve 39.800 torcedores.

O melhor público da Arena da Amazônia na Copa foi a partida entre Honduras e Suíça, com 40.322 pessoas. Terceiro melhor público da história do estádio, esse deve ser ultrapassado pela quarta vez no domingo.