Série D: Após eliminação do Vitória-ES, governador, time e FES reclamam da arbitragem

No segundo tempo, Claudinho arriscou de longe, mas a bola bateu na mão de Cássio, que estava fora da área; juiz, porém, deu pênalti

por Agência Futebol Interior

Vitória, ES, 08 (AFI) - O Vitória-ES sonhava com a classificação às quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. No entanto, no último sábado, após empate sem gols como mandante, a equipe capixaba visitou o Ituano-SP, em Itu (SP), no estádio Novelli Júnior, acabou perdendo por 2 a 1, de virada, e foi eliminada.

O Alvianil de Bento Ferreira, porém, reclama da atuação da arbitragem liderada por Diego Pombo. Aos 21 minutos do segundo tempo, Claudinho arriscou de longe, mas a bola bateu na mão de Cássio, que estava fora da área. No entanto, o juiz marcou pênalti. Na cobrança, o próprio Claudinho foi para a cobrança e converteu. Assim, as reclamações dos capixabas vieram de todos os lados.

"Tivemos essa noção e falamos muito com o árbitro para não marcar. Mas, infelizmente, o nosso adversário não era só o Ituano, mas também o árbitro, que com muita incompetência marcou um pênalti que não foi. Isso acabou com os nossos sonhos e um trabalho bonito que estávamos fazendo", disse o zagueiro e capitão Ferrugem.

Espaço incorporado por HTML (embed)

"Ontem, a equipe do Vitória foi desclassificada da Série D do Campeonato Brasileiro devido a uma sequência de erros da arbitragem. É inadmissível que o trabalho de uma equipe que tanto lutou seja interrompido devido a claros erros cometidos em tempos de tantas tecnologias no futebol. É necessário que a CBF reveja esse resultado", escreveu o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, nas redes sociais.

Até mesmo a Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) se manifestou. Os integrantes da entidade pretendem se reunir, nesta segunda-feira, com a diretoria da CBF e o presidente da Comissão de Arbitragem, Leonardo Gaciba.

Foto: Daniel Vorley
Foto: Daniel Vorley
"A Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES) vem a público externar a sua total e irrestrita solidariedade ao seu filiado Vitória Futebol Clube, e também, sua indignação referente à falha do árbitro que definiu, a favor do Ituano Futebol Clube, a classificação para as quartas de final do Campeonato Brasileiro Série D", contou em nota oficial.

"Na partida de volta que ocorreu ontem (sábado), o árbitro baiano Diego Pombo Lopez, em 2019, atuou em apenas uma partida no Campeonato Brasileiro Série A, uma partida no Campeonato Brasileiro Série B, uma na Copa do Brasil e quatro na Copa do Nordeste, sendo que há um mês não atua em competições oficiais pela CBF", completou.