Série D: Mesmo eliminado, atacante do São Raimundo-RR é denunciado pelo STJD

Monga foi denunciado pelo STJD por 'uso de força incompatível' por conta de um carrinho que quebrou a perna do adversário

por Agência Futebol Interior

Boa Vista, RR, 04 (AFI) - Apesar do São Raimundo-RR ter sido eliminado na segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro, o atacante Monga pode ficar ainda mais tempo fora dos gramados. Isso porque o centroavante foi denunciado pelo STJD por 'uso de força incompatível' em um lance do jogo de ida jogo contra o xará do Pará.

Mesmo eliminado, atacante do São Raimundo-RR é denunciado pelo STJD
Mesmo eliminado, atacante do São Raimundo-RR é denunciado pelo STJD

Monga foi enquadrado foi enquadrado no inciso I do artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que faz menção justamente ao "uso de força incompatível". Ele deu um carrinho por trás no zagueiro Guilherme Moller, que acabou sofrendo uma fratura na perna.

No lance, o tornozelo direito do jogador santareno ficou preso no gramado e devido ao impacto, aliado à carga aplicada por Monga, ocasionou a fratura e, consequentemente, a necessidade de cirurgia, que pode deixar Moller parado por até seis meses.

Caso seja condenado, a punição a Monga ficará a cargo do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas pode pegar um gancho do mesmo tempo que seu adversário ficará fora dos gramados. O julgamento está marcado para o próximo dia 09 no Rio de Janeiro.