Vitória-ES 0 x 0 Brasiliense-DF - Goleiros salvam e garantem empate na Série D

Duelo de volta acontecerá no Serejão e quem vencer ficará com a vaga na próxima fase

por Sérgio Porto

Vitória, ES, 15 (AFI) – Numa tarde em que os goleiros Harrison e Edson Sucirí se destacaram, Vitória-ES e Brasiliense-DF ficaram no empate por 0 a 0, no estádio Salvador Costa, em Vitória (ES), pela partida de ida da segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. O PLACAR FI acompanhou o duelo em TEMPO REAL.

A partida de volta está marcada para o próximo domingo, dia 23, às 15h30, no estádio Serejão, no Distrito Federal. Quem vencer o duelo ficará com a vaga na próxima fase, enquanto nova igualdade levará a decisão para os pênaltis.

Outro fato curioso é que o Vitória chegou a marca de 13 jogos sem perder em sua casa. São 11 vitórias e dois empates. A última derrota aconteceu em agosto do ano passado. Mostrando que o time não costuma aliviar em seus domínios.

MOVIMENTADO
Os primeiros minutos foram movimentados e com os dois times criando chances de abrir o placar. Logo no minuto inicial, o volante Thiago invadiu a área, mas na hora de finalizar foi travado pelo experiente Lúcio. Ótima oportunidade para o Vitória. O Brasiliense respondeu aos cinco minutos, quando Tchô chutou, o goleiro Harrison defendeu e Edson mandou para fora no rebote.

Incentivado por seu torcedor, o time capixaba seguiu em cima e aos dez minutos voltou a assustar. Watson fez ótima jogada individual e finalizou forte da entrada da área. A bola explodiu nas costas do zagueiro Alex, evitando maior perigo ao goleiro Edson Sucurí. O jogador deixou a jogada lamentando a chance desperdiçada.

Vitória e Brasiliense fizeram duelo bastante disputado
Vitória e Brasiliense fizeram duelo bastante disputado
O Brasiliense mostrou qualidade no toque de bola e teve facilidade para chegar ao campo ofensivo. Aos 15 minutos, Tchô cobrou escanteio direto para o gol e o camisa 1 Harrison precisou praticar ótima defesa, evitando um golaço. Na sequência a bola foi afastada pela defesa do Vitória.

Aos 22 minutos o Vitória reclamou de um suposto pênalti em cima do centroavante Jarles Baiano, mas o árbitro ignorou. Três minutos depois o Brasiliense voltou a exigir intervenção do goleiro Harrison em chute fraco de Tchô. O time candango melhorou em campo e passou a dominar as ações em campo.

MAIS CHANCES
Antes do intervalo, aos 35 minutos, Carlos Vitor iniciou a jogada e encontrou Emerson, que cruzou na área, mas não encontrou ninguém para estufar as redes. A bola saiu pela linha de fundo, sem perigo.

No segundo tempo os times diminuíram o ritmo, mas ainda assim tiveram oportunidades de marcar. Aos 19 minutos, Tchô chutou forte e rente à trave de Harrison. O Vitória respondeu aos 28 com Jarles Baiano, que aproveitou confusão na área e finalizou sem ângulo. A bola passou na frente do gol e saiu pela linha de fundo.

Após um ritmo intenso durante quase toda a partida, a dupla mostrou cansaço e preferiu segurar a igualdade e consequentemente a decisão final para a partida no Distrito Federal.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
1ª rodada
Data
15/06/2019
Horário
15h00
Local
Salvador Costa - Vitória (ES)
Árbitro
Leonardo Ferreira Lima (PR)

Renda
R$ 33.280,00
Assistentes
Luciano Roggenbaum e Weber Felipe Silva (PR)

Público
1.408 presentes
Cartões Amarelos
Brasiliense-DF: Aldo

Vitória-ES
Harrison;
Cássio, Ferrugem, Léo Breno e Emerson;
Nick, Thiago Ramos, Watson (Henrique) e Jarles Baiano (Kaio);
Carlos Vitor (Vitinho) e Thiago Pernão.
Técnico: Valdir Bigode
Brasiliense-DF
Edmar Sucuri;
Alex Murici, Lúcio, Badhuga e China;
Aldo, David Manteiga, Fabinho (Sandy) e Edno (Michel Platini);
Romarinho e Tchô (Peninha).
Técnico: Ricardo Antonio