URT-MG x Ituano-SP - Galo de Itu quer a liderança do Grupo A13

Os paulistas estão na liderança do Grupo A13, com onze pontos, enquanto os mineiros têm apenas três

por Agência Futebol Interior

Patos de Minas, MG, 08 (AFI) - Já classificado ao mata-mata, o Ituano-SP vai ao estádio Zama Maciel, em Patos de Minas (MG), encarar a URT-MG, que está eliminada, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D. A partida acontece às 18 horas deste domingo.

Os paulistas estão com onze pontos, enquanto os mineiros têm apenas três. Vice-líder do Grupo A13, com nove, o Brasiliense-DF tenta garantir uma vaga em visita ao Serra, lanterna, com dois, no Roberto Siqueira, em Serra (ES). Vale destacar que apenas os campeões das chaves mais os 15 melhores segundos avançam à próxima etapa.

Foto: Divulgação / Ituano FC
Foto: Divulgação / Ituano FC

OS DONOS DA CASA
A URT-MG não poderá contar com o zagueiro Gladstone e o meia Derly, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, além de Cascata, meia que sofreu grave lesão no joelho. Por outro lado, o volante Murilo se recuperou de um problema físico e fica à disposição do técnico Rodrigo Fonseca.

O Ituano-SP tem três baixas importantes para a partida. O meia Marcos Serrato foi expulso na goleada por 4 a 0 sobre o Serra-ES, enquanto o atacante Luizinho e o experiente meia Paulinho Dias receberam o terceiro amarelo e precisarão cumprir suspensão. Além disso, como o Galo está classificado, existe a possibilidade de o técnico Vinícius Bergantini poupar alguns nomes.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
6ª rodada
Data
09/06/2019
Horário
18h00
Local
Zama Maciel - Patos de Minas (MG)
Árbitro
José Henrique de Azevedo Júnior - MA

Assistentes
Ivanildo Gonçalves da Silva - MA e Raelson Almeida - MA

Cartões Amarelos
URT-MG: Henrique, Jean, Arthur
Ituano-SP: Salomão, Corrêa

Gols
URT-MG: Caio Wilker 14' 2T
URT-MG
Arthur;
Jean, Evertom, Henrique e Cortez;
Gilson, Murilo e Caio Wilker;
Michel (Ian Augusto), Júlio e Ingro (Ian Gomes).
Técnico: Rodrigo Fonseca
Ituano-SP
Pegorari;
Pacheco, Mateus, Léo Rigo e Salomão;
Fellipe, Correa e Marquinho (Léo Augusto);
Claudinho (Angelotti), Marcelinho (Maicon) e Gui Mendes.
Técnico: Vinícius Bergantini