Salgueiro-PE 4 x 3 Sergipe-SE - Em jogo 'estilo Série A', Carcará vence o Gipão

Willian Anicete foi o destaque da partida, tendo assinalado um hat-trick

por Agência Futebol Interior

Salgueiro, PE, 18 (AFI) - Um jogo de Série A na Série D. Em poucas palavras, este é o resumo do encontro entre Salgueiro-PE e Sergipe-SE. Disputado no Estádio Cornélio de Barros, a partida terminou com vitória pernambucana. 4 a 3, com direito a hat-trick de Willian Anicete. Do outro lado, Kiko Alagoano se destacou pelo Sergipe, com dois gols.

MOVIMENTADO

O duelo no Cornélio de Barros começou equilibrado e assim seria até o fim. O embate era aberto, sem controle de nenhum time e com pouquíssimas faltas. Na primeira grande chance, melhor para os mandantes. Aos 20 minutos, Willian Anicete aproveitou erro na saída de bola sergipana e abriu o placar.

A reação sergipana não demorou. Aos 36, Guilherme Lucena marcou Etinho e deixou Kiko Alagoano livre. O camisa 10 do Gipão entrou na área e tocou na saída de César Tanaka para empatar. Quando tudo encaminhava um empate em 1 a 1 no intervalo, o Carcará desempatou. Aos 45 minutos, Willian Anicete deu a vitória na primeira etapa aos salgueirenses.

Salgueiro-PE vence o Sergipe-SE no Cornélio de Barros pela Série D (Foto: Darlando Barros) - Darlando Barros
Salgueiro-PE vence o Sergipe-SE no Cornélio de Barros pela Série D (Foto: Darlando Barros)

GOL RELÂMPAGO E DRAMA

O Tricolor Sertanejo começou o segundo tempo a todo vapor. Bastaram apenas 14 segundos e três toques na bola para o placar ser ampliado. Após a saída de bola ser apitada, Willian Anicete recebeu na cara do gol e não perdoou. O terceiro gol parecia ter dado uma tranquilidade para o encontro, mas não foi assim.

Aos 9 minutos, ainda no primeiro terço dos últimos 45 minutos, Cléber diminuiu. O lance do segundo gol Colorado foi praticamente um replay do primeiro. Aberto, o jogo ia ganhando ares de dramaticidade conforme o tempo ia passando. Com chances para os dois lados, tanto o 4x2 como o 3x3 poderiam vir. E quem veio foi o 4x2.

TRANQUILIDADE? NEM PENSAR...

Aos 28 minutos, o Salgueiro ampliou o marcador. Após boa jogada e linda troca de passes dentro da área, Willian Anicete ampliou o placar. O tento assinalado foi o terceiro do atacante no duelo, configurando um hat-trick. A aparente tranquilidade, porém, novamente durou pouco. Treze minutos, sendo bem exato.

A torcida presente no Salgueirão ficou feliz com o jogo e com a vitória dos mandantes (Foto: Érika Nascimento/Reprodução CarcaráNet no Twitter) - Érika Nascimento/Reprodução CarcaráNet
A torcida presente no Salgueirão ficou feliz com o jogo e com a vitória dos mandantes (Foto: Érika Nascimento/Reprodução CarcaráNet no Twitter)

Aos 41, o Sergipe tinha falta perigosa para cobrar. Na bola, Kiko Alagoano mandou por cima da barreira e diminuiu o escore para 4 a 3. O fato não mudou o panorama da partida. Aberto, tanto o Carcará poderia fazer o quinto como os Sergipanos podiam empatar.

A partir dali, foram oito minutos de um drama de bom nível técnico para ambos os lados. Sem deslealdade, cera ou faltas, as equipes quase chegaram a mexer novamente nos números. Contudo, não o fizeram. Aos 49 minutos, o árbitro Léo Simão Holanda decretou o fim do espetáculo. E que espetáculo.

PRÓXIMOS JOGOS

Salgueiro e Sergipe voltam a se enfrentar no próximo domingo (26). Às 16h, as equipes voltam a campo no Batistão, em Aracaju. O duelo é válido pela primeira rodada do returno e pode classificar o Carcará.

Para isso, ele precisa vencer o Gipão. Além disso, torce por um empate uma vitória do Coruripe diante do Fluminense-BA ou dois empates. Por fim, torce por uma combinação para já se garantir como, pelo menos, um dos 15 melhores segundos.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
3ª rodada
Data
18/05/2019
Horário
20h00
Local
Cornélio de Barros - Salgueiro (PE)
Árbitro
Leo Simão Holanda-CE

Renda
R$ 3.541,00
Assistentes
Renan Aguiar da Costa-CE e John Lennon Batista da Silva Chaves-CE

Público
822 torcedores
Cartões Amarelos
Salgueiro-PE: Muller Fernandes, Jamerson

Gols
Salgueiro-PE: Willian Anicete 20' 1T, Muller Fernandes 45' 1T, Willian Anicete 0' 2T, Willian Anicete 28' 2T
Sergipe-SE: Kiko Alagoano 36' 1T, Cléber 9' 2T, Kiko Alagoano 41' 2T
Salgueiro-PE
César Tanaka;
Guilherme Lucena, Ranieri, Jamerson e Léo Carioca (Willian Anicete);
Bruno Sena, Mardley (Escuro) e Tarcísio;
Renato Henrique, Muller Fernandes e João Paulo (Felipe Macena)
Técnico: Daniel Neri Marinho
Sergipe-SE
Alexandre;
Jorge, Marcelo (Éverton), Maxsuel e Matheus;
Jair (Gabriel Carioca), Ramalho, Acássio (Álvaro) e Kiko Alagoano;
Etinho e Cléber
Técnico: Betinho