Série D: São José-RS encara 1º adversário fora do eixo centro-sul do país

Com três nordestinos na competição, o Zequinha se prepara para encarar uma nova escola do futebol nacional, destaca o treinador

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 11 (AFI) - Assim que o jogo do acesso acabou, baixou a poeira, e iniciou a entrevista coletiva, o técnico Rafael Jaques foi perguntado sobre o que ainda viria pela frente no Brasileiro Série D. Ele definiu: "Agora é a cereja do bolo. O recheio mesmo, nós já garantimos".

Significa que alguém relaxou no Passo d'Areia? De jeito nenhum.

"Eu continuo pensando jogo a jogo. Agora teremos mais um jogo no Ceará e outro em nossa casa. É um momento importante, para o nosso grupo provar que não acabaram nossos objetivos ainda", valoriza o treinador.

O Zeca encara agora o Ferroviário, do Ceará, nas semifinais da competição, com o primeiro jogo na noite da próxima segunda-feira, no Estádio Castelão — sede da Copa do Mundo de 2014 — e a definição de um lugar na decisão no Passo, sábado, dia 21, às 15h.

Depois de 12 jogos, será o primeiro adversário de fora do eixo centro sul do país. Futebolisticamente, representa um enfrentamento com uma escola de futebol bastante diferente.

"As equipes lá de cima, do Nordeste, têm uma característica ofensiva, de jogadores velozes e leves. Muda um pouco em relação ao que nos acostumamos. Vamos nos preparar para enfrentar este tipo de situação. Acredito que eles também terão um cuidado a mais nestes enfrentamentos, um pouco de cautela, porque também somos uma escola diferente da deles.

"Temos a nossa intensidade típica do futebol gaúcho, e que não abrimos mão", avalia o técnico.
Se, de um lado, o São José chega às semifinais com a melhor campanha — foram 28 pontos somados até agora, com 77% de aproveitamento — e a melhor defesa entre os quatro remanescentes no campeonato, o Ferroviário somou 21 pontos, com mais empates do que vitórias em sua trajetória, mas com dois gols marcados a mais que o Zeca e o artilheiro da Série D.

Para o primeiro confronto semifinal, Jaques terá à disposição novamente os volantes Felipe Guedes e Karl, que cumpriram suspensão contra o Linense. Nesta quarta, o lateral-direito Márcio Lima também será julgado pela expulsão na partida contra o Novo Hamburgo. A expectativa é de que não tenha nenhuma punição além da suspensão automática que já cumpriu.

Com isso, a única baixa na equipe para as semifinais é o zagueiro Wagner, que se transferiu por empréstimo até o final do ano para o Juventude.

 
 
" />