São José-RS 1 (3) x (2) 0 Novo Hamburgo-RS – Melhor campanha da 1ª Fase, Zeca avança

Equipe de Porto Alegre vence pelo placar mínimo e passa às oitavas de final após grande aproveitamento nas penalidades máximas

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 09 (AFI) - Melhor campanha da Fase de Grupos após ser a única equipe que conseguiu somar os 18 pontos possíveis, o São José-RS conseguiu a classificação às oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. Atuando em casa, no Passo D’Areia, na tarde deste sábado, o time de Porto Alegre venceu por 1 a 0 e conseguiu, após 3 a 2 nos pênaltis, reverter a vantagem do Novo Hamburgo, que havia vencido a partida de ida da segunda da segunda fase por 2 a 1.

No mata-mata da última divisão nacional, não há o gol fora como critério de desempate. Assim, qualquer vitória do Zequinha por uma diferença de um tento seria suficiente para que a disputa fosse para as penalidades máximas - por consequência, um triunfo por pelo menos dois já era válido. Na próxima etapa da competição, o classificado vai encarar quem passar do confronto catarinense entre Brusque e Tubarão - na ida, o Peixe perdeu por 1 a 0.

São José-RS 1 (3) x (2) 0 Novo Hamburgo-RS –  Melhor campanha da 1ª Fase, Zeca avança
São José-RS 1 (3) x (2) 0 Novo Hamburgo-RS – Melhor campanha da 1ª Fase, Zeca avança
GOL NO FIM
A partida começou tensa, com os donos da casa tentando pressionar e os visitantes se protegendo. Impaciente, o São José acusava o adversário de fazer cera desde os primeiros minutos. Por conta disso, a primeira boa chegada aconteceu com o Zequinha, aos 13, quando Janderson arriscou de fora levando perigo. Na sequência, o Noia chegou duas vezes com perigo, mas não conseguiu abrir o placar.

Depois de quase ver os time anilado abrir o marcador, o time mandante retomou as rédeas da partida. Aos 14, Janderson obrigou Carlão a fazer linda defesa. Aos 30, Goiano chegou completando cruzamento, mas a zaga afastou. Melhor em campo, os porto-alegrenses fizeram 1 a 0 aos 38: Bruno Jesus aproveitou cruzamento de Alexandre para testar para o fundo das redes.

PÊNALTI PERDIDO!
A etapa complementar começou com o São José ligeiramente superior. Entretanto, aos 16, aconteceu o lance capital dos 90 minutos: pênalti para o Novo Hamburgo; na cobrança, Fidélis parou no goleiro Fábio e não conseguiu recolocar a equipe anilada em vantagem por uma vaga nas oitavas de final. Aos 19, Romano mostrou que o Zequinha queria evitar os pênaltis e estava confiante após a penalidade máxima: testou firme, mas a bola não entrou por pouco.

Aos 37, um dos melhores jogadores em campo, Romano, que tinha participado de boas chegadas dos mandantes, foi expulso pelo segundo amarelo. A partir desse instante, o jogo ganhou contornos dramáticos - aos 40, o autor do único gol sentiu, mas o time de Porto Alegre já havia feito as três mudanças. No fim, uma confusão generalizada fez com que um de cada lado fosse para o chuveiro mais cedo. Nas penalidades máximas, visitantes erraram três e fizeram só dois, enquanto os donos da casa acertaram três e desperdiçaram um.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
2ª rodada
Data
09/06/2018
Horário
15h00
Local
Passo D'Areia - Porto Alegre (RS)
Árbitro
Paulo Henrique de Melo Salmazio – MS (CBF)

Assistentes
Marcos dos Santos Brito – MS (CBF) e Sérgio Alexandre da Silva – MS (CBF)

Cartões Amarelos
São José-RS: Bruno Jesus
Novo Hamburgo-RS: Juninho, Rudiero, Conrado

Cartões Vermelhos
São José-RS: Romano, Márcio Lima
Novo Hamburgo-RS: Márcio Goiano
Gols
São José-RS: Bruno Jesus 38' 1T
São José-RS
Fábio;
Márcio Lima, Rafael Goiano, Bruno Jesus e Romano;
Fabiano (Wagner), Matheusinho, Felipe Guedes (Karl) e Alexandre;
Janderson e Anderson Canhoto (Kelvin).
Técnico: Rafael Jaques
Novo Hamburgo-RS
Carlão;
Maicon, Thiago, Ricardo (Talis) e Assis (Márcio Goiano);
Fidélis e Rudiero;
Juninho, Preto (Zotti) e Conrado;
João Paulo.
Técnico: Paulo Henrique Marques
 
 
" />