Nacional-AM 4 x 2 Altos-PI - Naça esboça reação, mas é eliminado da Série D

O clube precisava reverter a vantagem de 3 a 0 e chegou a abrir 3 a 1 no jogo, mas não conseguiu avançar

por Agência Futebol Interior

Manaus, AM, 10 (AFI) - O Nacional até teve esperança de avançar no Campeonato Brasileiro Série D, mas não conseguiu reverter o placar de 3 a 0 sobre o Altos. Na tarde deste domingo, no estádio Ismael Benigno, o time venceu por 4 a 2 e se despediu da competição.

Mesmo com a derrota, o Altos segue na competição e agora se prepara para enfrentar o Ferroviário, do Ceará, que se classificou após empatar o primeiro jogo com o Cordino por 3 a 3 e vencer o segundo por 1 a 0.

BANHO DE ÁGUA FRIA

Jogando em casa e precisando tirar três gols de diferença, esperava-se o Nacional tomando a iniciativa. Mas o time levou um banho de água fria quando aos dois minutos, Vitor Bafena abriu o placar a favor do Altos. Após cobrança de escanteio, a zaga não conseguiu afastar por completo e Vitor fez o dele.

Longe de desistir, o Nacional foi em busca do que parecia impossível. Aos 12 minutos, Souza deixou tudo igual em um belo gol de falta, colocando a bola no ângulo.

Aos 26 minutos, o Altos teve um pênalti a seu favor e parecia que iria frear a reação do time da casa. Mas isso não aconteceu, pois o goleiro Wanzeler defendeu a cobrança de Manoel. Klenisson, do Altos, ainda teve outra grande chance no final do primeiro tempo, mas Wanzeler fez outra defesa espetacular e manteve o Nacional vivo.

ESPERANÇA NO SEGUNDO TEMPO

Na volta do intervalo, o Nacional seguiu em busca do gol. E ele veio logo no primeiro minuto, com Danilo Galvão. Anderson invadiu a área e chutou para defesa do goleiro. No rebote, o próprio Anderson tocou para seu companheiro marcar.

Aos 11 minutos, Charles chutou cruzado e Danilo Galvão quase conseguiu completar. Dois minutos depois, o terceiro gol veio. Fininho colocou a bola na área em cobrança de falta, mas ninguém afastou e ela entrou para o gol. Neste momento, o Nacional precisava de apenas mais um gol para levar a decisão para os pênaltis.

ALTOS MARCA E ESFRIA NACIONAL

O Altos estava abatido e precisava se recompor. E isso aconteceu aos 23 minutos, quando Marconi marcou para o Altos. Após saída errada de Charles, Klenisson roubou a bola e tocou para Marconi que, cara a cara com o goleiro, não desperdiçou. 3 x 2.

O Nacional sentiu claramente o gol. Até conseguiu marcar mais um, mas não restava mais tempo. Aos 48 minutos, Fininho marcou mais um, mas não conseguiu evitar a eliminação do clube amazonense.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
2ª rodada
Data
10/06/2018
Horário
17h00
Local
Ismael Benigno - Manaus (AM)
Árbitro
Lucas Paulo Torezin-PR

Renda
R$ 5.360,00
Assistentes
Andre Luiz Severo-PR e Heitor Alex Eurich-PR

Público
1.252 presentes
Cartões Amarelos
Nacional-AM: Zé Antônio, Pelézinho, Guigui
Altos-PI: Vitor Bafana

Gols
Nacional-AM: Sousa 12' 1T, Danilo Galvão 1' 2T, Fininho 13' 2T, Fininho 48' 2T
Altos-PI: Vitor Bafana 2' 1T, Marconi 23' 2T
Nacional-AM
Paulo Wanzeler,
Anderson, Guigui, Zé Antônio e Souza;
Denis Pedra (Jaílton), Pelezinho, Lucas (Dani Galvão) e Fininho;
Jackie Chan (Alisson) e Charles
Técnico: Ricardo Nascimento
Altos-PI
Gideão,
Tote, Vitor Bafana, Alisson e Thiaguinho;
Marconi, dos Santos, Tavares (Alex Mineiro) e Douglas (Vagner);
Manoel (Américo) e Klenisson
Técnico: Oliveira Canindé
 
 
" />