Bicampeão estadual, Paulinho Kobayashi agradece oportunidade no Altos

Treinador deixa o clube piauiense na vice-liderança do Grupo A5 da Série D do Brasileirão

por Agência Futebol Interior

Altos, PI, 09 (AFI) - O técnico Paulinho Kobayashi (foto) encerrou sua segunda passagem pelo Altos. O jovem comandante fez história ao levar o Jacaré ao inédito bicampeonato Piauiense. A diretoria resolveu trocar de comando após o início do clube na Série D do Brasileirão. Na última rodada, o Altos perdeu por 1 a 0 para o Moto Club-MA, em São Luís.

O resultado deixou o clube do interior com aproveitamento de 44% de aproveitamento. Na vice-liderança do Grupo A5, o Altos soma quatro pontos, cinco a menos do que o líder Moto. O Altos estreou com empate por 1 a 1 fora de casa contra o Sparta-TO. Na segunda rodada veio a primeira vitória do Jacaré contra o Assu-RN, em casa, por 1 a 0.

"Primeiramente quero agradecer a Deus pela oportunidade de trabalho na Associação Atlética de Altos. Meu ciclo acaba aqui. Fui bicampeão do Piauiense e ajudei a equipe, por duas vezes, a estar na Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Campeonato Brasileiro da Série D, além da possibilidade de manter o clube com as cotas para manutenção do elenco. Agradeço à torcida altoense e todo Estado do Piauí pelo carinho e reconhecimento do meu trabalho. Agradeço aos atletas campeões, comissão técnica, tias da cozinha e a imprensa pelo respeito e profissionalismo que fui tratado", disse o treinador ao site Grande Área.

O Altos, sem Paulinho Kobayashi, voltará a enfrentar o Moto Club, desta vez no estádio Felipão, em Altos, às 16 horas do próximo domingo, pela abertura do returno.

História!
A primeira passagem de Paulinho Kobayashi pelo Altos foi muito bem sucedida. Contratado no mês de março de 2017, o treinador comandou a equipe em um total de 18 jogos, obtendo dez vitórias, cinco empates e apenas três derrotas, com 37 gols marcados e 18 sofridos. O time conquistou 35 pontos de 54 possíveis, o que representa um aproveitamento de expressivos 64,8%.

Com o profissional, o Altos levantou a Taça Cidade de Teresina, correspondente ao returno do Campeonato Piauiense, e logo em seguida o título estadual, o primeiro da história da jovem agremiação, fundada em 2013. A campanha do bicampeonato teve 14 jogos com nove vitórias, três empates e apenas duas derrotas, além de 28 gols a favor e 12 tomados. Além do título, o Altos ganhou vagas na Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série D do Brasileirão de 2019.