Série D: Com equipe em reformulação, Ceilândia tenta liberação do Abadião

Equipe do Distrito Federal está no Grupo A11, junto com Aparecidense, Sinop e Novo

por Sérgio Porto

Ceilândia, DF, 17 (AFI) - O Ceilândia esteve por dois anos seguidos próximo de buscar o acesso no Campeonato Brasileiro da Série D. Porém, em 2016, foi eliminado pelo Fluminense de Feira de Santana. Em 2017, foi a vez de o América de Natal o eliminar da possibilidade de almejar uma vaga à Série C.

Agora, em 2018, a partir do próximo sábado, às 16 horas, no estádio Abadião, na cidade de Ceilândia, os comandados do técnico Adelson de Almeida começam a caminhada em busca do sonho de estar na Série C de 2019. A estreia na Série D de 2018 será diante do Sinop-MT.

Série D: Com equipe em reformulação, Ceilândia tenta liberação do Abadião
Série D: Com equipe em reformulação, Ceilândia tenta liberação do Abadião
A equipe que terminou o Candangão sendo eliminada pelo Sobradinho nas semifinais tem pelo menos quatro mudanças em relação ao time que encerrou a participação no campeonato local.

Foram embora o meia Kariri, os atacantes Ronan e Formiga, além de Fagner e Lucas.

A recente contratação do Gato é o volante Judvan Lucas, que se destacou no Gama. Já haviam chegado ao clube os meias Gilmar Baiano e Wiliam, além dos atacantes Pedrinho, Daniel e Rafael Amoroso.

O novo time começou a ser esboçado pelo técnico Adelson de Almeida, no amistoso realizado no sábado - vitória de 3 a 0 sobre o Pirapóra-MG. A equipe entrou em campo formando com: Wendell; Julio Ferrari, Cauê, Cocada e Kabrine; Didão, Kasado, Gilmar e Gustavo Gago; Willian e Daniel Guerreiro.

O Ceilândia está no Grupo A11, junto com Aparecidense, Sinop e Novo.

DIRETORIA CORRE ATRÁS DA LIBERAÇÃO DO ESTÁDIO ABADIÃO
A velha novela se repete no Ceilândia às vésperas de início de uma competição nacional: a falta de laudos para a liberação do estádio Abadião. A CBF comunicou, na noite desta segunda-feira, que sete praças esportivas estão impedidas de receberem público caso os laudos técnicos não sejam apresentados.

O Ceilândia tem até quarta-feira, dia 18 de abril, para apresentar os laudos que faltam para a liberação de seu estádio, o Abadião, para que possa receber público no sábado.

 
 
" />