Rio Branco 1 x 1 Maranhão - MAC consegue empate fora e se classifica

Após vencer na ida, o Maranhão avança na Série D e enfrentará o Santos-AP nas oitavas de final

por Agência Futebol Interior

Naoh comemora o gol do Maranhão, que eliminou o forte Rio Branco no Acre. Foto: Manoel Façanha
Naoh comemora o gol do Maranhão, que eliminou o forte Rio Branco no Acre. Foto: Manoel Façanha
Rio Branco, AC, 16 (AFI) – O Maranhão conseguiu um empate por 1 a 1 diante do Rio Branco na noite deste domingo, jogando no Estádio Florestão, e se classificou para as oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. O adversário do MAC na próxima fase será o Santos-AP, que eliminou o Altos.

Após primeiro tempo movimentado, o Rio Branco abriu o placar quando a partida já caminhava para o intervalo.

O camisa 10 Sandro aproveitou a sobra na entrada da área do Maranhão e finalizou de canhota para vencer o goleiro Rodrigo Ramos e abrir o placar no Florestão.

BUSCA PELO EMPATE
Mas o MAC não se entregou e foi em busca do empate na segunda etapa. O gol veio através de cobrança de pênalti. Em contra-ataque, Carlos Alexandre derrubou Giliard dentro da área.

Na cobrança, Naoh colocou no canto direito de Omar, que caiu para o lado esquerdo. O Maranhão é dirigido por Ruy Scarpino, técnico que já trabalhou em vários clubes do interior paulista como ituano, Santo André e Guaratinguetá.

Ficha Técnica

Fase
2ª Fase
Rodada
2ª rodada
Data
16/07/2017
Horário
19h00
Local
Florestão - Rio Branco (AC)
Árbitro
Edmar Campos Encarnação (AM)

Renda
R$ 11 mil 
Assistentes
Uesclei Regison Pereira dos Santos (AM) e Anne Kesy de Sá (AM)

Público
684 pagantes
Cartões Amarelos
Rio Branco-AC: Carlos Alexandre
Maranhão-MA: Gilliard, Rodrigo Ramos, Rômulo

Gols
Rio Branco-AC: Sandro 45' 1T
Maranhão-MA: Naôh 30' 2T
Rio Branco-AC
Omar;
Rodolfo, Cris, Robenval, Adriano Chuva;
Fábio Gomes, Ancelmo (Matheus Morais) e Sandro (Carlos Alexandre); Gustavo Xuxa, Araújo Jordão e Paulão (Adriano). 
Técnico: Renê Marques
Maranhão-MA
Rodrigo Ramos;
Michel, Ramon, Yuri, Chico Bala;
Sandro, Rômulo Ferreira, Eloir, Adauto (Gileard);
Naoh (Lucas), Curuca (Claisson). 
Técnico: Ruy Scarpino