Londrina-PR 0 x 0 Anapolina-GO - Tubarão confirma ano perfeito com o acesso à Série C

Além de garantir uma vaga na Série C do Brasileiro, o Tuba foi também campeão do Campeonato Paranaense nesta temporada

por Agência Futebol Interior

Londrina, PR, 18 (AFI) - O Londrina está no Campeonato Brasileiro da Série C em 2015. O Tubarão confirmou o acesso no início da noite deste domingo com o empate por 0 a 0 diante da Anapolina, em partida realizada no Estádio do Café, pela partida de volta das quartas de final da Série D. A Xata teve um domínio maior em todo o primeiro tempo, mas pecou nas finalizações e viu o clube paranaense crescer na segunda etapa e confirmar a vaga na semifinal. Antes mesmo do apito final, a torcida não se segurou e já soltava os gritos de "o Tubarão voltou".

O empate foi suficiente para garantir o acesso ao Londrina, pois o Tubarão derrotou a Anapolina na partida de ida, no Estádio Jonas Duarte, em Anápolis, por 2 a 0, podendo assim perder por até um gol de diferença no confronto de volta. Vantagem que fez o clube paranaense jogar, em muitos momentos da partida, pelo empate.

Na semifinal da Série D, o Londrina tem pela frente o Brasil de Pelotas, que neste domingo eliminou o Brasiliense nas penalidades máximas. O Tubarão fará o segundo jogo no próprio Estádio do Café, pois é o time com a melhor campanha.

XATA MELHOR, MAS TUBARÃO SE SEGUROU!
O Londrina não quis saber da vantagem conquistada na partida de ida e foi logo para cima da Anapolina com a intenção de encaminhar o quanto antes a classificação. Logo no minuto inicial, Allan Vieira invadiu a área, mas parou no goleiro André Luis. Os jogadores do Tubarão pediram uma penalidade máximas, porém, o árbitro nada marcou.

Anapolina faz um primeiro tempo melhor, mas para na marcação do Londrina
Anapolina faz um primeiro tempo melhor, mas para na marcação do Londrina

O Londrina tentava através das bolas paradas de Celsinho e dava mais campo a Anapolina, que tinha mais posse de bola, mas não conseguia chegar com perigo. A primeira boa chance aconteceu aos 21 minutos. Anderson falhou, a bola ficou com Fábio Alemão, que tentou o arremate. A bola passou muito perto do gol de Vitor.

A Xata seguia insistente ao ataque e por pouco não marcou na falha do goleiro Vitor. O arqueiro largou a bola ao fazer a defesa nos pés de Cris. O zagueiro tentou de cobertura e mandou para fora. Mesmo recuado, o Londrina arriscava uma ou outra jogada mais ofensiva. Aos 38 minutos, Lucas Ramon recebeu dentro da área e tentou o cruzamento. André saiu para fazer a defesa.

O CAMPEÃO PARANAENSE ESTÁ NA SÉRIE C!
Assim como aconteceu no primeiro tempo, o Londrina começou melhor a segunda etapa e por pouco não fez o gol aos três minutos. Allan Vieira arriscou de pé direito e obrigou o goleiro André Luis fazer uma grande defesa. No lance seguinte, Paulinho chutou, Cris tirou e a bola sobrou para Bruno Batata, que mandou para a linha de fundo.

Jogadores do Londrina comemoram a classificação à Série C
Jogadores do Londrina comemoram a classificação à Série C

O Londrina acordou no segundo tempo e não deixou a Anapolina crescer como aconteceu anteriormente. A cada minuto percorrido, o Tubarão se soltava e ficava mais perto do gol. Aos 17 minutos, em cobrança de falta de Celsinho, Andre Luis falhou e deu a bola de bandeja para Silvio, que perdeu um gol incrível.

Aos 29 minutos, Celsinho, o sósia de Ronaldinho Gaúcho, ficou muito próximo de fechar o acesso com chave de ouro. O meia partiu em contra-ataque, cortou o zagueiro adversário e, na hora de finalizar, tentou de cobertura e errou o alvo. Marlon estava livre para marcar. A Anapolina ainda teve a chance de fazer o gol de honra com Fábio Alemão, que desperdiçou a oportunidade e fez explodir os torcedores presentes no Estádio do Café.

Ficha Técnica

Fase
Quartas-de-final
Rodada
2ª rodada
Data
19/10/2014
Horário
17h00
Local
Estádio do Café - Londrina (PR)
Árbitro
Luiz Flavio de Oliveira

Renda
R$ 291.250,00
Assistentes
Fabio Rogerio Baesteiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa

Público
10.209 pagantes
Cartões Amarelos
Londrina-PR: Allan Vieira, Celsinho, Matheus
Anapolina-GO: Felipe Brisola, André

Londrina-PR
Vitor;
Lucas Ramon, Dirceu, Silvio e Allan Vieira;
Guilherme Amorim, Bidia, Anderson e Celsinho (Marcondes);
Paulinho (Matheus) e Bruno Batata (Madson).
Técnico: Cláudio Tencati
Anapolina-GO
André Luis;
Johnathan, Neto, Cris e Kabrine; André,
Renato Xavier, Felipe Brisola e Diniz (Dinei);
Fábio Alemão e Thiago Floriano (Evandro Paulista) (Wendell Lira)
Técnico: Edson Júnior
 
 
" />