Série D: Juventude é derrotado em jogo-treino pela Chapecoense

Na avaliação do técnico Picoli o jogo serviu como a última oportunidade para observações

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, RS, 03 (AFI) - O Juventude não conseguiu repetir atuações anteriores em amistosos preparatórios para o Campeonato Brasileiro da Série D e acabou perdendo de virada para a Chapecoense pelo placar de 3 a 1. A partida aconteceu na tarde do último sábado no Estádio Alfredo Jaconi.

O Juventude saiu na frente no placar com gol de Cristiano cobrando pênalti aos 11 minutos da etapa inicial, mas enfrentou dificuldades diante de uma adversário bem organizado que logo no início da segunda etapa conseguiu o empate através do gol marcado por Diogo aos três minutos. A virada veio com Medina aos 27 minutos e Lucca aos 39 minutos da etapa final.

Na avaliação do técnico Picoli o amistoso serviu como a última oportunidade para observações. O treinador revelou que o jogo com a Chapecoense era o limite para exposição do time com alguns jogadores que precisavam ser observados em ritmo de jogo,

"Sabíamos que a tendência era de enfrentarmos dificuldades, e foi assim diante de um adversário que teve imposição, e apenas no primeiro tempo, ficamos próximo do que queremos. A partir dos próximos amistosos vamos ajustar o time para a estreia", disse o treinador ao site oficial do clube.

Ficha Técnica

Juventude 1 x 3 Chapecoense

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul-RS
Arbitragem: Eleno Todeschini
Auxiliares: André Bitencourt e Maicon Fernando da Silva
Cartões Amarelos: Bruno Salvador (Juventude); Groll (Chapecoense)
Gols: Cristiano 11'/1T (Juventude); Diogo 3'/2T, Medina 27'/2T e Lucca 39'/2T.

Juventude
Follmann (Carlão), Anderson Pico (Celsinho), Bruno Salvador, Fred (Bressan) e Alex Telles (Rodrigo Crasso). Umberto, Jardel (David Lopes), Léo Maringá (Deoclécio), e Cristiano. Julio Madureira ( Léo Pereira) e Zulu (Nico Martínez).
Técnico: Picoli

Chapecoense
Rodolpho, Groll, Dema e Amaral Rosa (Kleber Goiano). Medina, Everton Cesar (Rodrigo Thlesen), Diogo (Sagaz), Nenem (Rafael Bitencourt) e Aelson (Fabinho). Jean Carlos (Lucca) e Neilson (Leandro).
Técnico: Mauro Ovelha

 
 
" />