Série D: América-AM é absolvido e vai brigar pelo título

Joinville entrará com um recurso e novo julgamento deve ser marcado

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 05 (AFI) - O América-AM foi absolvido no julgamento no caso do volante Amaral. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou o caso nesta sexta-feira, num debate que demorou quase quatro horas. Após muitas discussão, os amazoneses ganharam a causa e continuam no Campeonato Brasileiro da Série D.

O América-AM ganhou a causa, já que houve empate por 2 a 2, na votação dos auditores e, como o réu é favorecido, os amazonenses estão garantindo na Série C de 2011. Mas, como no caso cabe recurso, o JEC deve entrar com a ação e um novo julgamento deve ser marcado posteriormente.

Como tudo aconteceu...
O Julgamento começou com o relator Paulo Bracks lendo todo o processo, detalhe por detalhe e toda documentação. Até, o video do diretor técnico da Federação Amazonense, Ivan Guimarães, foi mostrado. Na seguida, o advogado do Joinville, Roberto Pugliese Júnior, começou sua argumentação, alegando que o volante Amaral atuou de forma irregular nas partidas.

Depois, foi a vez de Osvaldo Sestário, advogado do América-AM, fazer a defesa do clube, alegando que os catarinenses entraram com a denúncia fora do prazo e que o BID, sistema da CBF, é muito falho e que todos os clubes tem dificuldades para acompanhar o sistema.

Como na última semana, foi levantada a hipótese do julgamento ser adiado mais uma vez. Mas, a presidente da sessão, Renata Quadros, afirmou que não tinha a possibilidade e que o caso seria decidido nesta sexta-feira.

Depois de muito debate, a comissão entrou em contato com a CBF e tirou algumas dúvidas sobre o assunto, com alguns esclarecimentos sobre o contrato do jogador. A votação começou por volta das 18 horas, quando a vitória do América-AM foi sacramentada.

 
 
" />