América-AM 1 x 1 Guarany-CE - Cacique do Vale fica mais perto do título!

Além do América e o Guarany, Araguaína e Madureira também conquistaram o acesso à Série C

por Agência Futebol Interior

Santarém, PA, 07 (AFI) - América-AM e Guarany empataram por 1 a 1, na primeira partida da grande decisão do Campeonato Brasileiro da Série D. A partida foi disputada na tarde deste domingo, em Santarém, no Estádio Colosso dos Tapajós, já que o Sesi, em Manaus, não tem capacidade para receber público de dez mil torcedores, exigido pela CBF.

Agora, na partida de volta, que será disputada no próximo domingo, às 18 horas, no Estádio do Junco, em Sobral, quem vencer garante o título. Se o resultado repetir, a decisão vai para os pênaltis. Agora, o empate por 0 x 0 dá o caneco para os cearenses. Empate por um saldo maior de gols, vale o título para os amazonenses.

Atuando em casa, o retrospecto do Guarany é muito bom, o time não sabe o que é derrota. Nas últiomas fases, todas as decisões foram feitas no Junco e o Rubro-Negro conquistou a vaga. Ao todo foram cinco vitórias e dois empates.

Começou a mil por hora...
A partida começou eletrizante e desde os primeiros minutos os times mostraram que iriam para cima em busca do gol. Quem teve a primeira sorte foi o Guarany, que dez minutos balançou as redes. Thiago foi até a linha de fundo e cruzou na área. O goleiro Naylson não agarrou a bola e soltou no pé de Vanderlei, que só tocou para o gol aberto.

Mas, a resposta amazonense não demorou muito para acontecer e aos 14 minutos chegou ao empate. Luiz Carlos e Ivan fizeram uma boa trama de ataque, envolvendo a zaga cearense e tocando para Edinho. Livre, o atacante mandou com forças para as redes, na saída do goleiro Vantuir.

Depois do empate, o América-AM foi com tudo para cima em busca da virada. O time criava bastante, mas não conseguia finalizar em gol, por isso, não marcava os gols. O Guarany desceu para os vestiários comemorando o empate, já que o time não foi muito bem.

Alterações mudaram o jogo!
O técnico Oliveira Canindé mudou seu time para a segunda etapa e conseguiu melhorar sua equipe. A entrada de Jean na vaga do volante Thiago Granja fez com que o time ganhasse mais mobilidade no ataque, por isso, as chances começaram a aparecer.

A primeira foi com Carlos Alberto. Jhones foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça do atacante, que testou para o gol. Mas, o goleiro Naylson bem posicionado fez uma linda defesa. O América-AM passou a jogar nos contra-ataques e criava suas chances, mas pecava muito nas finalizações.

O Guarany teve uma boa jogada aos 35 minutos do segundo tempo. Vanderlei foi lançado e saiu na cara do goleiro Naylson. Mas, na hora do chute, ele pegou muito mal na bola, que foi longe do gol, sem nenhum perigo.

Nos últimos cinco minutos o América pressionou e quase fez o gol da vitória. Aos 43, após cruzamento na área, a zaga cearense afastou o perigo. A bola sobrou para o zagueiro Jeferson, que soltou um tirambaço. Bem posicionado, o goleiro Vantuir fez uma linda defesa e jogou a bola para escanteio.

Ficha técnica

América-AM 1 x 1 Guarany-CE

Local: Estádio Colosso dos Tapajós, em Santarém-PA
Árbitro: Fernando José de Castro Rodrigues-PA
Assistentes: Lucio da Silva de Matos-PA e José Ricardo Guimarães Coimbra-PA
Gols: Vanderlei aos 10'/1T (Guarany); Edinho aos 14'/1T (América-AM)

América-AM
Naylson; Catatau, Guará, Santiago e Rondinelli; Bigu (Rozemiro), Cleiton, Diogo (Batista) e Luiz Carlos; Edinho (Jeferson) e Ivan.
Técnico: Sergio Duarte

Guarany-CE
Vantuir; Alberto, Júnior Alves, Tobias e Zadda; Thiago Granja (Jean), Bismarck (Carlos Alberto) e Carlos; Marco Túlio (Jhones) e Vanderlei
Técnico: Oliveira Canindé

 
 
" />