Santa Cruz 2 x 2 CSA-AL - Tricolor está eliminado da Série D!

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 09 (AFI) - Acabou o sonho! O Santa Cruz tentou de todas as maneiras, mas esbarrou na defesa do CSA e na tarde deste domingo, jogando com o Arruda lotado, apenas empatou por 2 a 2 e não conseguiu passar à segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D.

Confira também:
ASA 1 x 1 Rio Branco-AC - Série B mais perto para o Acre

Com o empate, as duas equipes morreram abraçadas. O Santa terminou na quarta colocação do Grupo 4, com apenas cinco pontos. O CSA fica em terceiro, com sete pontos. Os classificados do grupo foram o Central e CSA.

Gol e festa
O Santa Cruz começou com tudo o jogo querendo fazer sua parte logo nos primeiros minutos. E aos seis minutos abriu o marcador. Júnior Caiçara foi cortar cruzamento com a mão e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Marquinhos bateu alto, bem e fez a festa da torcida tricolor.

Com o apoio do seu torcedor, que lotou o Arruda, o Santa era melhor em campo e criava boas chances de gols. O CSA foi até Recife para catimbar a partida e todo momento reclamava muito da arbitragem.

Mas, com o velho Piá, comandando o time, os alagoanos chegaram ao gol de empate aos 29 minutos. Após cruzamento da direita, a zaga do Santa não cortou e a bola sobrou para Tiago Messias, testar com força para as redes.

O empate não servia para o Santa, então tratou de pressionar e ir para cima do CSA e aos 43 minutos, Leandro Gobatto fez o segundo. Marcos Tamandaré cruzou e o meia apareceu bem, completando para as redes.

Apagão muda o jogo
O Santa Cruz voltou com a intenção de matar o jogo logo. E aos quatro minutos, o atacante Juninho fez boa jogada e na finalização acerto a trave.

Misteriosamente, as luzes no Estádio do Arruda se apagaram e ficaram por mais de dez minutos apagadas. Quando as luzes voltaram, o CSA cehgou ao gol de empate.

Após duas incriveis defesas do goleiro Gustavo, a bola sobrou para Junior Caiçara, que sozinho, só empurrou para o gol, levando o desespero aos torcedores do Santa.

No decorrer do jogo, o Central venceu a partida, assim era só o Santa vencer para ficar com a vaga. Mas a pressão aumentou, o tricolor tentava de todas as maneiras chegar ao gol de empate, mas não conseguia chegar ao gol da vitória.

Ficha Técnica

Santa Cruz-PE 2 x 2 CSA-AL

Local: Estádio do Arruda, em Maceió
Árbitro: Gutemberg Fonseca-RJ
Público: 29.702 pagantes
Renda: R$ 62.815,00 reais
Cartões Amarelos: Neto Maranhão, Alexandre Oliveira, Juninho (Santa Cruz); Júnior Caiçara (CSA)
Gols: Marquinhos aos 6'/1T e Leandro Gobatto aos 44'/1T (Santa Cruz); Tiago Messias aos 29'/1T e Júnior Caiçara aos 28'/2T (CSA-AL)

Santa Cruz
Gustavo; Marcos Tamandaré, Alex Xavier, Leandro Camilo e Marquinhos; Anderson, Alexandre Oliveira (Marcelinho Carioca), Neto Maranhão e Leandro Gobatto (Leo); Paulo Rangel e Juninho
Técnico: Márcio Bittencourt

CSA-AL
Everton; Júnior Caiçara, Tiago Messias, Selmo Lima, Rafael; Marcílio, Anderson (Sinval), Marco Antônio (Brau), Piá; Emílio e Serginho Baiano.
Técnico: Celso Teixeira

 
 
" />