Vila Nova-GO x Remo-PA - Vai começar a decisão da Série C!

Equipes se enfrentam às 17h deste sábado (23), no OBA, em Goiânia (GO), pela primeira partida da final

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 22 (AFI) - Após garantia de acesso no Campeonato Brasileiro da Série C ao lado de Brusque-SC e Londrina-PR, Vila Nova-GO e Remo-PA vão começar a decisão pelo título. O primeiro encontro acontece às 17h deste sábado (23), no OBA, em Goiânia (GO).

A finalíssima, por outro lado, está prevista para o sábado seguinte (30), às 17h, no Mangueirão, em Belém (PA). Cabe destacar que não há vantagens ou gol fora como critério de desempate. Ou seja, o empate no placar agregado após os dois jogos levará à decisão de pênaltis.

Curiosamente, ambos os times já conquistaram a Série C. Os goianos venceram em 1996 e 2015 e sonham com o que seria o primeiro tricampeonato da competição. Os paraenses, por outro lado, chegaram ao título em 2005.

CAMPANHAS
As equipes têm campanhas praticamente idênticas até aqui. Na primeira fase, não saíram de dois empates sem gols e ainda somaram 31 pontos no Grupo A - foram oito vitórias e sete empate em 18 partidas. O Remo ficou em segundo, deixando o Vila Nova em terceiro, por conta do saldo: 10 contra 9. Ainda marcaram a mesma quantidade de gols: 20.

Já na segunda fase, obviamente, ficaram em chaves distintas. No Grupo C, os goianos fizeram 10 pontos em seis jogos, marcaram apenas seis gols e terminaram com saldo de -1. O acesso foi conquistado de forma agônica, com gol do meia argentino Emanuel Biancucchi, 'primo do Messi', nos instantes finais do duelo com o Ituano-SP.

Os paraenses subiram com mais tranquilidade no Grupo D. Também somaram 10 pontos, mas carimbaram o acesso com o 1 a 0 sobre o arquirrival Paysandu-PA, ainda na quinta rodada. Na última partida, nem mesmo o revés por 1 a 0 para o Londrina-PR impediu a classificação à decisão. Anotaram sete gols e sofreram cinco.

Foto: Douglas Monteiro/VNFC - Foto: Douglas Monteiro/VNFC
Foto: Douglas Monteiro/VNFC

SOBRE OS DONOS DA CASA
O Vila Nova não poderá contar com o 'herói' Emanuel Biancucchi. O meia argentino de 32 anos foi expulso na vitória, por 1 a 0, sobre o Ituano-SP, no último domingo (17), e cumprirá suspensão automática por conta do cartão vermelho.

De qualquer forma, porém, o técnico colorado, Márcio Fernandes, poderá repetir a formação que começou o confronto diante dos paulistas. Afinal de contas, o 'primo de Messi' entrou no decorrer do embate.

"Vamos enfrentar uma equipe fortíssima que fez uma campanha maravilhosa e também está buscando o título. Agora é buscar o título pra premiar nossa torcida que espera muito por isso", disse o treinador, que faturou o a Série C de 2015 com os vilanovenses.

SOBRE OS VISITANTES
O Remo precisa superar surto de covid-19 que atingiu, entre outros, 11 atletas e o técnico Paulo Bonamigo, o qual será substituído por Renan Capra, preparador físico. Além disso, o lateral-esquerdo Dudu Mandai e o atacante Hélio, lesionados, também são desfalques.

São apenas 17 jogadores relacionados, sendo três goleiros - entre eles, três crias da base azulina (Lucas Mocorongo, arqueiro; Rafael, meia; e Pepê, atacante). Em meio a esse cenário, o volante Lailson pode pintar na lateral esquerda, posição que já chegou a ocupar.

"Os jogadores passaram uma semana muito focados, treinaram muito forte. Evidente que aconteceram algumas coisas que poderiam ter abalado essa confiança, mas acredito que a gente chega muito forte", declarou o 'treinador interino'.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
1ª rodada
Data
23/01/2021
Horário
17h00
Local
OBA - Goiânia (GO)
Árbitro
Caio Max Augusto Vieira (RN)

Renda
---
Assistentes
Jean Marcio dos Santos (RN) e Flavio Gomes Barroca (RN)

Público
Portões fechados
Cartões Amarelos
Vila Nova-GO: Fabrício, Éder
Remo-PA: Lucas Siqueira, Tcharlles

Gols
Vila Nova-GO: Talles 24' 1T, Talles 36' 1T, Alan Mineiro 46' 1T, Henan 13' 2T, Henan 24' 2T
Remo-PA: Gilberto Alemão 9' 1T
Vila Nova-GO
Fabrício;
Celsinho, Rafael Donato, Adalberto e Willian Formiga;
Yuri (Éder);
Dudu (Gilsinho), Pablo (João Pedro) e Alan Mineiro (Hugo Sanches);
Talles e Henan (Rafhael Lucas).
Técnico: Márcio Fernandes
Remo-PA
Vinícius;
Ricardo Luz, Gilberto Alemão, Fredson e Lailson (Kevem);
Lucas Siqueira e Júlio Rusch;
Felipe Gedoz (Pepê) e Eduardo Ramos;
Eron (Wallace) e Tcharlles.
Técnico: Renan Capra (interino)