Paysandu 0 x 0 Vila Nova – Papão volta a tropeçar e segue distante do G4

Papão chegou ao quarto jogo sem vitória na Série C. Time está fora do G4 no Grupo A

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 18 (AFI) – O Paysandu voltou a tropeçar neste domingo, quando não saiu de um empate sem gols com o Vila Nova, no Estádio Mangueirão, em Belém, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Já são quatro jogos sem vitória do time bicolor na competição.

O resultado foi péssimo para as pretensões do Paysandu no campeonato. O time paraense segue em sétimo lugar do Grupo A, agora com 12 pontos ganhos – pode cair para o oitavo lugar caso o Manaus vença o Botafogo-PB na segunda-feira pelo complemento da rodada.

Já o Vila Nova permanece no G4. O resultado deste domingo manteve o time na vice-liderança da chave com 20 pontos – quatro atrás do líder Santa Cruz.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS

O JOGO
O Paysandu criou as melhores chances de gol nos primeiros 45 minutos. Logo aos cinco, Tony recebeu passe de Nicolas e cruzou na área para Vinicius Leite, que cabeceou para ótima defesa do goleiro Fabrício. No rebote, a zaga do Vila Nova afastou a bola para longe da área.

O Vila conseguiu bloquear as investidas do Paysandu, mas a partir dos 31 minutos voltou a correr riscos de ficar atrás no placar. Bruno Collaço cruzou na área para o atacante Wellington Reis, mas Fabrício mostrou atenção e conseguiu evitar a finalização do jogador bicolor.

DEU TRABALHO
Cinco minutos depois, Vinicius Leite voltou a dar trabalho ao goleiro goiano. Aos 36, o jogador cobrou falta com perigo e a bola passou perto da trave.

O Vila Nova conseguiu se sair bem, mas ainda assim mostrou pouca tranquilidade para segurar a bola e buscar algo a mais fora de casa. Empate justo no primeiro tempo.

Paysandu tentou vencer com jogadas pelo alto - Jorge Luiz/Paysandu
Paysandu tentou vencer com jogadas pelo alto

SAIU UM POUCO
Na etapa final o Vila Nova saiu um pouco mais para o jogo. Logo no primeiro minuto, Mário Henrique levantou bola na área e Rodrigo Alves cabeceou com perigo. Depois, aos seis minutos foi a vez de Biancucchi finalizar com força, mas pela linha de fundo.

Os goianos passaram a gostar do jogo e aos 26 acertaram a trave. Rodrigo Alves encontrou Henan, que finalizou e carimbou o poste. No minuto seguinte, novamente Henan finalizou, mas desta vez obrigou o goleiro Paulo Ricardo fazer ótima defesa.

MUITO POUCO
Numa das raras vezes em que o Paysandu mostrou lucidez com a bola nos pés, aos 33 minutos, Nicolas apareceu de surpresa na área e cabeceou no meio do gol, sem trabalho para o goleiro Fabrício praticar a defesa.

Depois disso a marcação dos times ficou ainda mais forte e o resultado sem gols persistiu até o final.

PRÓXIMOS JOGOS
O Paysandu voltará a campo no próximo sábado para enfrentar o Treze, às 17 horas, no estádio Amigão, em Campina Grande. Já o Vila Nova, na segunda-feira, dia 26, terá pela frente o Ferroviário, às 20 horas, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
11ª rodada
Data
18/10/2020
Horário
18h00
Local
Mangueirão - Belém (PA)
Árbitro
Thiago Luis Scarascati (SP)

Assistentes
Herman Brumel Vani (SP) e Leandro Matos Feitosa (SP)

Cartões Amarelos
Paysandu-PA: Juninho, Nicolas
Vila Nova-GO: Dudu, Pablo

Paysandu-PA
Paulo Ricardo;
Tony, Perema, Micael e Bruno Collaço;
Wellington Reis, PH (Alex Maranhão) e Juninho (Elielton);
Vinícius Leite, Nicolas e Uilliam Barros (Erik Bessa).
Técnico: Matheus Costa
Vila Nova-GO
Fabrício;
Celsinho (Jhon Lennon), Adalberto, Rafael Donato e Mário Henrique;
Dudu (Pedro Bambu), Pablo e Emanuel Biancucchi (Alan Mineiro);
Rodrigo Alves (Caíque), Talles (Francis) e Henan.
Técnico: Bolívar