São Bento-SP 1 x 1 Ypiranga-RS - Bentão até sai na frente, mas segue sem vencer na Série C

Bambam para os donos da casa e Mossoró - que havia acabado de entrar em campo - para os visitantes, fizeram os gols do jogo

por Agência Futebol Interior

Sorocaba, SP, 02 (AFI) - Em alta no Paulista A2 após a classificação para as quartas de final, parecia que enfim o São Bento-SP iria desencantar também na Série C do Campeonato Brasileiro e conquistaria a primeira vitória. Porém, depois de sair na frente do placar, o time de Sorocaba acabou ficando no empate por 1 a 1 com o Ypiranga-RS, no Estádio Walter Ribeiro, pela quarta rodada do Grupo B.

Com o resultado, o São Bento soma o primeiro ponto na competição nacional, mas segue na lanterna da chave. Do outro lado, o Ypiranga chega a três jogos sem vencer e segue estacionado no meio da tabela, na sexta colocação, com cinco pontos somados. Bambam para os donos da casa e Mossoró para os visitantes, fizeram os gols do jogo.


A partida foi transmitida pela Rádio Futebol Interior, em parceria com a Rádio 365 de Sorocaba.

O duelo teve narração de Luiz Felipe, comentários de Tardeli Júnior, reportagens de Guilherme Garcia, ancoragem de Marcelo Macaus e coordenação de Pixoxó.


PRIMEIRO TEMPO
Mesmo jogando fora de casa, o Ypiranga começou a partida fazendo pressão na área do adversário e obrigando o São Bento a ficar no campo de defesa. Porém, aos poucos, o time mandante conseguiu equilibrar o duelo e aos 21 minutos, criou a primeira chance real de gol.

Erick Luis disparou pela direita e quando chegou na linha de fundo, tocou para trás. De primeiro, Bambam soltou o pé, mas a bola acabou indo para fora.

São Bento-SP e Ypiranga-RS empatam na 4ª rodada da Série C (Foto: Neto Bonvino/Bento TV)
São Bento-SP e Ypiranga-RS empatam na 4ª rodada da Série C (Foto: Neto Bonvino/Bento TV)

NO DOMÍNIO
A partir daí, o São Bento passou a dominar o duelo e não demorou para tirar o zero do placar.

Aos 33, Erick Luis fez um cruzamento na medida para Bambam, que conseguiu dominar entre os zagueiro e mesmo quase caindo, conseguiu pegar firme na bola para estufar as redes.

Ainda no primeiro tempo, o Ypiranga teve a chance de empatar, em um pênalti cobrado por Neto Pessoa, que Lucas Macanhan conseguiu fazer a defesa. Até por conta disso, o primeiro tempo terminou com a vitória parcial dos donos da casa.

SEGUNDO TEMPO
Diferente do primeiro tempo, a segunda etapa começou em um ritmo mais lento, com as duas equipes trocando passes para chegar com perigo ao gol adversário e muitas faltas no meio-campo.

Tanto que as duas primeira chances veio dos lados do Ypiranga, em chutes de fora da área. Porém, depois de tanto tentar, o time gaúcho conseguiu furar o bloqueio do São Bento e deixar tudo igual no placar.

O EMPATE
Aos 23, o atacante Mossoró que havia acabado de entrar na partida, recebeu entre três marcadores e mesmo com os zagueiros em cima, conseguiu acertar um lindo chute que foi morrer no ângulo do goleiro Lucas Macanhan, que nada pode fazer.

Nos minutos finais, ambos os times foram para o tudo ou nada em busca do desempate, mas sem sucesso. Até por conta disso, o jogo terminou mesmo com o placar de 1 a 1.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times já voltam a campo neste próximo final de semana para a disputa da quinta rodada do Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro.

No sábado (05), o São Bento visita o Londrina, no Estádio do Café, às 16h. Já no domingo (06), o Ypiranga recebe a Tombense, no Estádio Colosso da Lagoa, às 15h30.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
4ª rodada
Data
02/09/2020
Horário
16h00
Local
Walter Ribeiro - Sorocaba (SP)
Árbitro
Charly Wendy Straub Deretti (SC)

Renda
--
Assistentes
Diego Leonel Felix (SC) e Clair Dapper (SC)

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
São Bento-SP: Allan Vieira , Evandro, Lucas Silva
Ypiranga-RS: Diogo Silva

Gols
São Bento-SP: Bambam 33' 1T
Ypiranga-RS: Mossoró 25' 2T
São Bento-SP
Lucas Macanhan;
Alison (Pablo), Douglas Assis, Marcelo e Allan Vieira (Bruno Leandro);
Fábio Bahia, Evandro (Igor), Lucas Silva e Erick Luis (Mizael);
Ruan e Bambam (Rafinha).
Técnico: Edson Vieira
Ypiranga-RS
Deivity;
Muriel (Maicon), Douglas, Diogo Silva e Ávila (Zé Mario);
Reinaldo (Caprini), Fernandinho (Fidelis), Clayton e Zotti;
Neto Pessoa e Leilson (Mossoró).
Técnico: Paulo Henrique Marques