Náutico x Paysandu - Em busca do ressurgimento, dupla decide acesso na Série C!

Papão e Timbu tentam se reeerguer no cenário nacional após rebaixamentos recentes na Série B

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 07 (AFI) - Depois de frustrações intensas nos últimos anos, Paysandu e Náutico estão em busca do ressurgimento no cenário nacional, mas apenas um deles poderá trilhar este caminho durante a temporada atual. Isso porque os dois decidem neste sábado um dos acessos à Série B, em jogo válido pela rodada de volta das quartas de final da Série C, no Aflitos, a partir das 18 horas.

O primeiro jogo, disputado no Mangueirão, em Belém, terminou empatado por zero a zero, portanto os dois times jogam por uma vitória simples para conquistar o acesso. Um novo empate, com ou sem gols, leva a decisão para a disputa de pênaltis.

As duas equipes estão acostumadas a transitar entre as séries A e B do Campeonato Brasileiro, o que torna a permanência na Série C um desfecho bastante negativo para ambos. O Náutico jogou a terceira divisão apenas três vezes na história e atualmente está na disputa pelo segundo ano consecutivo, enquanto o Paysandu participou de nove edições.

Rebaixado da Série B em 2017, o time pernambucano disputou as quartas de final em 2018, mas perdeu o acesso para o Bragantino. Na ocasião, perdeu por 3 a 1 em Bragança Paulista e empatou por 1 a 1 no Recife, mas na Arena Pernambuco em vez do Aflitos, palco da decisão deste domingo. A equipe paraense, por sua vez, caiu da segunda divisão no ano passado.

NOVIDADES
O técnico Gilmar Dal Pozzo resolveu fazer mistério sobre a escalação do Náutico, mas a tendência é que ele faça mudanças no time. A mais esperada é o retorno de Rafael Oliveira como referência no ataque, após ter ficado de fora da primeira partida por lesão. Outra novidade deve ser a entrada do meia Jean Carlos como titular no lugar de Matheus Carvalho ou Álvaro. Willian Simões, que era dúvida, está recuperado e foi confirmado na lateral esquerda.

Náutico e Paysandu decidem acesso na Série C. (Foto: Divulgação)
Náutico e Paysandu decidem acesso na Série C. (Foto: Divulgação)

“Um jogo de acesso, que marca para o clube e atletas, tem o fator emocional. É isso que a gente também está trabalhando bastante essa semana, para ter esse controle, esse equilíbrio. E isso às vezes foge do técnico. A gente procura trabalhar, procura mostrar para eles a nossa experiência como atleta, como técnico para mostrar o caminho. Mas tem circunstâncias durante o jogo que podem entrar em áreas que podem mudar. Então o lado mental nesse momento muda bastante”, avaliou Dal Pozzo.

DUPLA DE VOLTA
Assim como o adversário, o técnico Hélio Dos Anjos resolveu preservar a escalação e deu poucas pistas sobre o time que deve mandar a campo. O certo é que ele contará com o retorno da dupla titular de zagueiros, formada por Micael, voltando de suspensão, e Perema, recuperado de lesão. A principal dúvida é em relação a quem ficará com a vaga do volante Léo Baiano, suspenso. Wellington Reis e Caíque Oliveira disputam a vaga.

“O acesso tem uma importância muito grande. Eu estava aqui no ano passado, a gente caiu com o Paysandu. Mas quem estava aqui, como os meninos da base, sabe o que passou. Será uma felicidade grande o acesso. Poder retornar com o Paysandu para a Série B será um orgulho e felicidade para nossos familiares, que também passaram por tudo junto com a gente. Conseguir o acesso será o objetivo alcançado. Será de dever cumprido”, disse Perema.

Ficha Técnica

Fase
Quartas de Final
Rodada
2ª rodada
Data
08/09/2019
Horário
18h00
Local
Aflitos - Recife (PE)
Árbitro
Leandro Pedro Vuaden - RS

Renda
R$ 622.183,00
Assistentes
Leirson Peng Martins - RS e Lucio Beiersdorf Flor - SP

Público
16.662 torcedores
Cartões Amarelos
Náutico-PE: Matheus Carvalho, Matheus Carvalho
Paysandu-PA: Thiago Primão, Caíque Oliveira, Anderson Uchoa, Mota

Cartões Vermelhos
Náutico-PE: Diego
Paysandu-PA: Perema, Nicolas
Gols
Náutico-PE: Álvaro 19' 2T, Jean Carlos 52' 2T
Paysandu-PA: Vinícus Leite 24' 1T, Nicolas 9' 2T
Náutico-PE
Jefferson;
Hereda, Diego, Camutanga e Willian Simões;
Josa, Jímenez (Jhonnatan) e Jean Carlos;
Thiago (Matheus Carvalho), Rafael Oliveira (Wallace Pernambucano) e Álvaro.
Técnico: Gilmar Dal Pozzo
Paysandu-PA
Mota;
Tony, Mical, Perema e Bruno Collaço;
Anderson Uchôa, Wellington Reis e Tomas Bastos (Thiago Primão / Caíque Oliveira);
Hygor Silva, Nicolas e Vinícius Leite (Diego Rosa).
Técnico: Hélio dos Anjos