Náutico x Juventude - No caldeirão dos Aflitos, disputa por vaga na final da Série C

Após semana agitada, com duas alterações de data, os tradicionais clubes prometem muita emoção em Recife

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 20 (AFI) - Após uma semana tensa, Náutico e Juventude vão decidir uma vaga na final do Campeonato Brasileiro da Série C. O jogo está confirmado para domingo, às 18 horas, no Estádio dos Aflitos, em Recife (PE), que promete se transformar num verdadeiro caldeirão. Os dois semifinalistas já garantiram o acesso à Série B de 2020, junto com Sampaio Corrêa e Confiança.

Como perdeu na ida por 2 a 1, na primeira semifinal disputada em Caxias do Sul (RS), o Náutico agora precisa vencer por dois gols de diferença. Ou então ganhar por um gol e disputar a vaga na cobrança de pênaltis. Ao time gaúcho o empate já basta. A previsão é de casa cheia, perto de 18 mil torcedores.

QUER ASSISTIR? O JOGO SERÁ TRANSMITIDO PELA DAZN.

SAIBA COMO GANHAR UM MÊS GRÁTIS!

Timbu quer ir à final e repetir invasão do acesso
Timbu quer ir à final e repetir invasão do acesso

ALTERAÇÃO DE DATAS
Esta semifinal foi marcada por uma confusão em relação à data. Na quinta-feira o jogo foi transferido para segunda-feira à noite, às 20 horas. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se viu obrigada a alterar a data devido um pedido do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Tudo por causa da realização do show da banda Bon Jovi, no mesmo dia e também na capital, no Arruda, estádio do Santa Cruz. A alegação era de que a Polícia Militar teria dificuldades em dar segurança aos dois eventos.

VOLTA ATRÁS
Mas a direção do Náutico bateu o pé. O clube pernambucano protocolou na manhã de sexta-feira, junto à Federação Pernambucana de Futebol (FPF) e à CBF, um mandado de segurança.

No final da tarde, o Tribunal de Justiça de Pernambuco determinou a suspensão da decisão anterior e restaurou a data original da partida, então, referendada pela CBF.

Além disso, a sexta-feira foi marcada também pelo julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) de um pedido do Paysandu da partida em que foi eliminado pelo Náutico, em Recife, pelas quartas de final. O pedido foi indeferido.

Veja mais Detalhes !

TIMBU ANIMADO
Para o técnico gaúcho Gilmar Dal Pozzo, o Náutico precisa aproveitar a força da torcida para pressionar o adversário desde o início.

“Vai ser um jogo tenso, truncado e que pode ser decidido num lance. Nossos jogadores precisam estar focados, não ligando para o entusiasmo da torcida” – disse Dal Pozzo, escondendo a escalação do time.

Mas ele deve manter a mesma formação que atuou no Sul, inclusive com Álvaro e Matheus Carvalho se movimentado no ataque, sem ter um homem de referência dentro da área. Para o técnico este não é o problema para fazer pelo menos dois gols em cima do time gaúcho.

"Nós criamos muitas chances, mas precisamos ter mais eficiência nas finalizações" - exige o técnico.

Juventude, sem técnico e sem meia, joga pelo empate
Juventude, sem técnico e sem meia, joga pelo empate

JOGOU A TOALHA
De outro lado, o Juventude praticamente jogou a toalha após confirmar o acesso. Na última segunda-feira liberou o técnico Marquinhos Santos para a Chapecoense, deixando Fahel como interino. Além disso, emprestou o experiente meia Renato Cajá para a Ponte Preta, que disputa a Série B.

No time gaúcho, o técnico Fahel confirmou que Rafael Bastos vai ocupar a vaga deixada por Renato Cajá. No ataque deixou a dúvida entre Breno e Gabriel Poveda, revelado na base do Guarani.

“São opções que tenho e que posso usar. Mas tudo vai ser confirmado só mesmo momentos antes do jogo. Embora o empate nos sirva, não podemos apenas nos defender. Precisamos ter um equilíbrio em campo” – explicou Fahel.

Ficha Técnica

Fase
Semifinal
Rodada
2ª rodada
Data
22/09/2019
Horário
18h00
Local
Aflitos - Recife (PE)
Árbitro
Bráulio da Silva Machado

Renda
R$ 249.139,00
Assistentes
Helton Nunes & Éder Alexandre

Público
13.084 total
Cartões Amarelos
Náutico-PE: Diego
Juventude-RS: Breno, Sidimar

Gols
Náutico-PE: Álvaro 16' 1T, Álvaro 31' 1T
Juventude-RS: Genílson 33' 2T
Náutico-PE
Jefferson;
Hereda, Rafael Ribeiro, Diego e Willian Simões;
Josa, Jhonnatan (Jefferson Nem) e Jean Carlos (Mailson);
Matheus Carvalho, Wallace Pernambucano (Jímenez) e Álvaro.
Técnico: Gilmar Dal Pozzo
Juventude-RS
Marcelo Carné;
Vidal, Genilson, Sidimar e Eltinho;
João Paulo, Aprile (Denner), John Lennon e Rafael Bastos (Braian Rodríguez);
Dalberto e Gabriel Poveda (Breno)
Técnico: Fahel