Jogo da Série C do Brasileiro é paralisado por conta de queimadas

Alguns jogadores se sentiram mal após uma cortina de fumaça tomar conta da Arena da Floresta

por Agência Futebol Interior

Rio Branco, AC, 25 (AFI) - Os incêndios nas últimas semanas que colocaram toda a região da Amazônia em alerta continuam e, neste domingo, o jogo entre Atlético-AC e Luverdense, realizado na Arena da Floresta, em Rio Branco-AC, precisou ser paralisado.

Aos 25 minutos do primeiro tempo, o estádio foi tomado por uma cortina de fumaça e alguns jogadores começaram a passar mal no gramado. Assim, a árbitra catarinense Charly Deretti paralisou a partida, que recomeçou 15 minutos depois.

Incêndio que causou a paralisação do jogo entre Atlético-AC e Luverdense
Incêndio que causou a paralisação do jogo entre Atlético-AC e Luverdense
A fumaça apareceu por conta de um incêndio que atingiu rapidamente um bananal que possui cerca de 10 hectares e fica localizado também próximo a um estabelecimento da Federação Acreana de Futebol. O 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros foi ao local para combater o fogo.

Os dois times entraram em campo apenas para cumprirem tabela, pois já estavam rebaixados à Série D do Brasileiro. A partida terminou com vitória do Atlético-AC sobre o Luverdense, por 3 a 2, pela 18ª rodada da Série C.

Apesar do resultado positivo, o Atlético-AC terminou na lanterna do Grupo B, com apenas 11 pontos, dois a menos que o Luverdense, nono colocado.