Chuva castiga Recife e volta adiar jogo entre Náutico x Botafogo-PB

A CBF deve se pronunciar nos próximos dias sobre uma nova data para o duelo

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 17 (AFI) - As chuvas castigaram o Estado de Pernambuco e refletiram no duelo entre Náutico e Botafogo-PB pela segunda vez. O jogo, válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, precisou ser novamente adiado. O árbitro Rodrigo da Fonseca Silva entendeu que o gramado, visivelmente encharcado, não teria condições de receber a partida. A CBF deverá definir uma nova data durante a semana.

O jogo estava prevista para acontecer no último domingo, mas acabou sendo adiado. Na ocasião, a decisão foi tomada 3h antes do duelo, diferente desta segunda, quando o delegado e o trio de arbitragem aguardaram até a data limite para confirmar a suspensão da partida.

Aflitos sem condições de receber Náutico x Botafogo-PB
Aflitos sem condições de receber Náutico x Botafogo-PB
"Vamos dar acesso ao torcedor em qualquer outra data. A culpa não é do Náutico. Quem remarcou foi a CBF, acertadamente, diga-se de passagem. Acabou de acontecer o adiamento. Vamos fazer de tudo para que ninguém saia prejudicado", afirmou o presidente do clube Edno Melo.

Já o técnico Gilmar Dal Pozzo minimizou o adiamento do jogo. "Ficamos três dias concentrados para a partida, fizemos toda uma preparação, mas agora temos que encontrar uma solução com muita calma. Tivemos sete (já são nove) mortes na semana passada aqui em Recife, precisamos dar Graças a Deus que estamos bem. Agora é focar no clássico, até que arrumem uma solução", explicou.

A situação é grave desde o meio da semana. Já foram registrados desabamentos em diversas regiões e até o momento nove mortes foram confirmadas. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o total de chuva acumulado entre os dias 13 e 14 foi o sexto maior em 58 anos de medições.

SITUAÇÃO DOS TIMES
Agora, o Náutico começa a focar no clássico contra o Santa Cruz, marcado para o próximo sábado, no Arruda. Já o Botafogo pega o arquirrival Treze, na segunda, no Almeidão. O time pernambucano é o quinto do Grupo A, com 11 pontos, atrás da própria equipe da Paraíba, com 12.