Náutico e Ferroviário dominam a Seleção FI da Série C

Time pernambucano tem quatro representantes e equipe cearense emplacou três jogadores

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 06 (AFI) - A segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro terminou nesta segunda-feira e o Portal Futebol Interior escalou mais uma edição da Seleção da Rodada. Desta vez, os times com mais representantes são o Ferroviário, que surpreendeu o Santa Cruz com um triunfo por 3 a 0, e o Náutico, que venceu o Imperatriz por 4 a 2.


CONFIRA A SELEÇÃO FI DA SEGUNDA RODADA DA SÉRIE C:
Wadson (Globo);
Lucas Mendes (Ferroviário), Fredson (Remo), Douglas Assis (Sampaio Corrêa) e Assis (Náutico);
Jímenez (Náutico), Rafael Tavares (São José) e Chiclete (Globo-RN);
Wallace Pernambucano (Náutico), Nicolas (Paysandu) e Léo Jaime (Ferroviário).
Técnico: Márcio Goiano (Náutico)

Náutico e Ferroviário dominam a Seleção FI da Série C
Náutico e Ferroviário dominam a Seleção FI da Série C


CONFIRA A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR:
Goleiro: Wadson (Globo)

Fez intervenções pontuais para evitar que a rede do Globo fosse balançada, com boas defesas. Além disso, mostrou que tem qualidade com a bola nos pés e armou um contra-ataque com um bom lançamento, em lance que terminou no gol de Lauder.

Lateral-direito: Lucas Mendes (Ferroviário)
Foi muito participativo no apoio ao ataque, dando muito trabalho pelo seu lado do campo, e aprticipou do segundo gol do Ferroviário na vitória por 3 a 0 sobre o Santa Cruz.No lance. roubou a bola, passou para Janeudo, que arrancou e lançou para Léo Jaime marcar.

Zagueiro: Fredson (Remo)
O Juventude buscou a todo custo a vitória na primeira partida como mandante nesta Série C. No entanto, esbarrou na forte marcação do Remo, liderado pelo zagueiro Fredson, que batalhou muito para evitar o revés. O defensor, além de tudo, marcou o gol jaconeor.

Zagueiro: Douglas Assis (Sampaio Corrêa)
O Sampaio Corrêa teve dois jogadores expulsos ainda no primeiro tempo e teve que se virar no restante da partida. O trabalho foi dobrado, principalmente para os jogadores de defesa, mas Douglas Assis foi seguro e foi bem para garantir o empate sem gols.

Lateral-esquerdo: Assis (Náutico)
Apesar de ser bastante contestado pela torcida alvirrubra, fez uma partida boa na vitória por 4 a 2 sobre o Imperatriz, principalmente na hora de apoiar lá na frente. Em sua melhor intervenção, deu a assistência para um dos gols de Wallace Pernambucano

Volante: Jímenez (Náutico)
Fez uma partida bastante sólido, cumprindo bem a função de ‘cão de guarda’ no meio de campo alvirrubro. Quando apareceu no ataque, contribuiu com qualidade, tanto que marcou um dos gols quatro gols do Timbu.

Meia: Rafael Tavares (São José-RS)
Foi o dono do meio de campo do São José, envolvendo o Luverdense. Além de ter dado a assistência para o primeiro gol, marcado por Maradona, fez a valer a ‘lei do ex’ e marcou o segundo contra o LEC, clube pelo qual passou em 2015.

Meia: Chiclete (Globo-RN)
Chiclete teve atuação destacada na vitória do Globo por 2 a 0 para cima do Confiança. O meia criou as principais oportunidades da equipe, sofreu um pênalti e ainda marcou um dos gols, após falha do goleiro Jean. Mostrou ser um jogador sem medo de bola perdido e com muita disposição.

Atacante: Wallace Pernambucano (Náutico)
Estava em um dia bastante inspirado e foi o destaque do Náutico na vitória por 4 a 2 sobre o Imperatriz. Muito participativo, buscou o jogo e mostrou qualidade, não à toa marcou dois gols na partida e saiu por cima.

Atacante: Nicolas (Paysandu)
Se o Paysandu é o único time com 100% de aproveitamento no Grupo B da Série C, muito disso é graças ao atacante Nicolas. O velocista importunou a zaga da Tombense durante todo o duelo desta segunda-feira. Tanto que foi ele que marcou o único gol do jogo. Aos quatro minutos do segundo tempo, o atacante apareceu na área e de cabeça testou firme para o fundo das redes.

Time pernambucano tem quatro representantes e equipe cearense emplacou três jogadores
Time pernambucano tem quatro representantes e equipe cearense emplacou três jogadores

Atacante: Léo Jaime (Ferroviário)
Fez sua estreia pelo Ferroviário e já deixou o cartão de visita, marcando um dos gols da vitória por 3 a 0 sobre o Santa Cruz. Também muito rápido, infernizou a defesa adversário ao lado de Caxito e animou a torcida, que ajudou a contratá-lo por meio de uma campanha de adezão do sócio-torcedor.

Técnico: Márcio Goiano (Náutico)
Depois de uma estreia frustrante com a derrota para o ABC, conseguiu extrair um pouco mais da equipe e viu uma clara evolução. O futebol ainda não é o ideal, mas foi o suficiente para construir uma vitória por 4 a 2.