Série C: Dirigentes de Treze e Botafogo-PB se unem para cobrar arbitragem

Dupla paraibana está bastante insatisfeito com o desempenhos dos árbitros na primeiras rodadas do Brasileiro

por Agência Futebol Interior

João Pessoa, PB, 17 (AFI) - Insatisfeitos com as atuações da arbitragem nas três primeira rodadas da Série C, Treze e Botafogo-PB se uniram para questionar a CBF. Dirigentes dos dois clubes se encontraram com Leonardo Gaciba, presidente da comissão nacional de arbitragem, no Rio de Janeiro, para cobrar providências.

Além da presença de Walter Júnior, presidente do Treze, e Frederich Diniz, vice-presidente do Belo, o encontro também contou com a participação de Michelle Ramalho, presidente da Federação paraibana de Futebol. Os dirigentes dos dois clube entregaram a Gaciba um dissiê que aponta erros de arbitragem em partidas da Série C.

“Estou muito satisfeito com a reunião de hoje. Primeiro com o compromisso firmado pelo chefe da Comissão de Arbitragem, que irá analisar as imagens dos nossos três jogos, independente dos pontos não mais voltarem para o nosso clube. Segundo, satisfeito com o afastamento dos envolvidos nos erros. Isso traz tranquilidade e um sentimento de justiça para a competição, para nós e também um alerta aos árbitros do campeonato”, afirmou Walter.

Foto: Divulgação/ Treze FC
Foto: Divulgação/ Treze FC
AS RECLAMAÇÕES
O Treze acredita que foi prejudicado nas três partidas que disputou até o momento. Em uma entrevista coletiva no início da semana, o presidente Walter Júnior e diretor de futebol Ivandro Neto enumeraram três lances nos quais avaliam que o clube foi prejudicado.

Do lado do Botafogo, a reclamação é sobre uma única partida, no empate por 1 a 1 com oS Santa Cruz, pela terceira rodada. A reclamação é referente a pelo menos três lances. Os principais são um gol anulado e dois pênaltis não marcados;