Atlético-AC 0 x 3 Confiança - Dragão vence fora de casa e segue com chances remotas

Para se classificar teria que vencer o Globo na última rodada e torcer por derrota de Santa Cruz ou Botafogo-PN

por Agência Futebol Interior

Rio Branco, AC, 05 (AFI) - Mesmo jogando fora de casa, o Confiança conseguiu um bom resultado para seguir com chances, mesmo remotas, para avançar para às quartas de final da Série C do Campeonato Brasileiro. Na noite desse domingo, em partida válida pela 17ª e penúltima rodada do Grupo A, o Dragão visitou e venceu o Atlético-AC, pelo placar de 2 a 0, em pelo Estádio Florestão, em Rio Branco (AC).

A vitória deu esperanças ao time sergipano, agora com 22 pontos, em quinto lugar. Para se classificar teria que vencer o Globo e torcer por derrota de Santa Cruz, em casa com o Salgueiro, ou do Botafogo-PB, em casa contra o Juazeirense. Além disso, precisaria tirar enorme diferença no saldo de gols, que atualmente é de um negativo para o Confiança, cinco para o Botafogo-PB e oito para o Santa Cruz.

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, o Atlético-AC começou a partida ditando o ritmo do jogo, principalmente com troca de passes no meio campo e jogadas rápidas pelas laterais, mas encontrava o Confiança bem postado, pronto para encaixar um contra-ataque e abrir o placar. Tanto que a primeira chance de perigo veio mesmo pelos lados do time visitante quando após um cruzamento da direita, Léo apareceu na área para cabecear firme mas a bola saiu por cima do gol.

Atlético-AC e Confiança se enfrentaram no Estádio Florestão (Foto: Manoel Façanha)
Atlético-AC e Confiança se enfrentaram no Estádio Florestão (Foto: Manoel Façanha)

A partir daí, a partida ficou um pouco mais truncada no meio-campo e os times conseguiam criar boas chances em contra-ataques. Em um desses lances, aos 37 minutos, Diego derrubou Lucas na área e o arbitro marcou pênalti. Léo Ceará foi para a cobrança e não desperdiçou, colocando o Confiança na frente do placar. Nos minutos finais, o Atlético foi em busca do empate, mas sem sucesso. Até por conta disso, o primeiro terminou mesmo com a vitória parcial dos visitantes.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, a partida seguiu movimentada com os dois times buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário. Tanto que logo aos cinco minutos, Everton teve a chance de fazer o segundo gol do Confiança, mas de peixinho mandou a bola para fora. A resposta do Atlético-AC veio aos 11, quando após cobrança de escanteio, Neto testou firme porém a bola explodiu no travessão antes de sair por cima do gol.

Depois disso, a duelo ficou um pouco mais truncado no meio campo, mas aos 22 minutos, o Confiança foi ao ataque e conseguiu ampliar. Léo Ceará arriscou de fora da área e fez um bonito gol, sem chances para o goleiro Ruan, que só olhou a bola entrar. Nos minutos finais, o Atlético-AC foi para o tudo ou nada, mas sem sucesso e em um contra-ataque, o Confiança matou o jogo com um gol de Frontini, aos 43. O atacante aproveitou uma falha da defesa adversária para fechar o placar em 3 a 0.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times já voltam a campo no próximo no sábado, às 19h30, para a disputa da 18ª e última rodada do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. Jogando em casa, o Confiança recebe o Globo, no Estádio Batistão, em Aracaju. Já o Atlético-AC viaja até o Rio Grande do Norte para enfrentar o ABC, no Estádio Frasqueirão.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
17ª rodada
Data
05/08/2018
Horário
19h00
Local
Florestão - Rio Branco (AC)
Árbitro
Rodrigo Carvalhaes de Miranda - RJ

Renda
R$ 28.440,00
Assistentes
Wendel de Paiva Gouvea - RJ e Carlos Henrique Alves de Lima Filho - RJ

Público
1.416 pagantes
Cartões Amarelos
Atlético Acreano-AC: Neto
Confiança-SE: Genivaldo

Gols
Confiança-SE: Léo Ceará 38' 1T, Léo Ceará 22' 2T, Frontini 43' 2T
Atlético Acreano-AC
Ruan;
Matheus, Douglas, Diego e Jeferson;
Leandro, Kássio e Eduardo (Rafael Tanque);
Neto (Igor), Rafael Barros e Tauã (Geovane).
Técnico: Álvaro Miguéis
Confiança-SE
Genivaldo;
Rodolfo, Vinícius Simon, Rafael Villa e Radar;
Everton, Jardel, Iago (Diogo) e Lucas;
Léo Ceará e Flávio (Frontini).
Técnico: Betinho
 
 
" />