Volta Redonda 1 x 0 Botafogo-SP - Voltaço respira e não deixa Pantera assumir a ponta

O Tricolor iria dormir na liderança do Grupo B em caso de vitória, mas caiu para o terceiro lugar

por Agência Futebol Interior

Volta Redonda, RJ, 07 (AFI) - No duelo dos opostos do Grupo B, melhor para o Volta Redonda. Na noite deste sábado, o Voltaço respirou na luta contra o rebaixamento ao vencer o Botafogo-SP, por 1 a 0, no Estádio Raulino de Oliveira, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

O resultado positivo encerra um jejum de seis jogos sem vitória, mas não tira o Volta Redonda da zona de rebaixamento. O Voltaço é o penúltimo colocado, com 13 pontos, um a menos que Tupi e Ypiranga. Já o Botafogo-SP conheceu a segunda derrota seguida e estacionou nos 24, em terceiro lugar.

O Pantera foi ultrapassado pelo Cuiabá, que chegou aos 25 pontos, e perdeu a chance de dormir na liderança da chave, que pertence ao Operário-PR, com 26.

VOLTAÇO NA FRENTE

Pressionado por conta da campanha ruim realizada na Série C, o Volta Redonda começou a partida em cima do Botafogo e criou a primeira oportunidade aos dez minutos. Dija Baiano cobrou falta direto e quase surpreendeu Tiago Cardoso, que espalmou para escanteio. O Pantera errava muitos passes no ataque e por isso não conseguia criar.

O Volta Redonda venceu o Botafogo-SP, mas ainda não deixou a zona de rebaixamento
O Volta Redonda venceu o Botafogo-SP, mas ainda não deixou a zona de rebaixamento

Enquanto isso, o Voltaço ia perdendo oportunidades. Dija Baiano recebeu dentro da área e bateu cruzado para defesa de Tiago Cardoso. A pressão dos donos da casa surtiu efeito aos 37. Após cobrança de escanteio e desvio na primeira trave, Marcelo apareceu para completar de cabeça. Os jogadores do Botafogo reclamaram pedindo impedimento.

E quase que o Volta Redonda ampliou na sequência. Luiz Paulo recebeu livre de marcação, mas finalizou para fora. O empate do Botafogo quase veio no finalzinho. Felipe Augusto cobrou falta e viu a bola bater no travessão antes de sair pela linha de fundo.

SÓ ADMINISTROU
O Volta Redonda seguiu ligado após o intervalo e em cima do Botafogo, tanto que Dija Baiano exigiu boa defesa de Tiago Cardoso logo aos dois minutos. O Pantera respondeu em finalização de Felipe Augusto pela linha de fundo. Na sequência, Tchô chutou e o goleiro fez a defesa.

Aos poucos, o Botafogo foi se soltando e oferecendo mais perigo ao goleiro Douglas Borges. No entanto, dava espaço para o contra-ataque do Volta Redonda. Gilsinho cobrou falta para dentro da área e ninguém do Pantera apareceu para completar. A bola passou por todo mundo.

Devido a cêra do Volta Redonda, o árbitro deu sete minutos de acréscimos. O Botafogo, porém, não conseguiu aproveitar. No finalzinho, Everton Santos simulou pênalti e acabou recebendo o cartão amarelo.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo às 16 horas do próximo sábado, pela 14ª rodada. O Volta Redonda enfrenta o Luverdense, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, enquanto o Botafogo recebe o Tupi, no Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
13ª rodada
Data
07/07/2018
Horário
18h00
Local
Raulino de Oliveira - Volta Redonda (RJ)
Árbitro
Rafael Martins Diniz - DF

Renda
R$ 1.760,00
Assistentes
Jose Reinaldo Nascimento Junior - DF e Daniel Henrique da Silva Andrade - DF

Público
496 torcedores
Cartões Amarelos
Volta Redonda-RJ: Dija Baiano, Roger, Bruno Barra
Botafogo-SP: Lucas Mendes, Matheus Jussa, Perí, Everton Santos, Gilsinho

Gols
Volta Redonda-RJ: Marcelo 37' 1T
Volta Redonda-RJ
Douglas Borges;
Luís Gustavo, Daniel Felipe, Roger e Diego Maia;
Bruno Barra, Bileu, Romarinho (Luiz Paulo) e Marcelo (João Clériston);
Dija Baiano e Núbio.

Técnico: Moacir Júnior
Botafogo-SP
Tiago Cardoso;
Lucas Mendes, Carlos Henrique, Plínio e Peri;
Serginho (Matheus Jussa), Yuri e Tchô (Everton Santos);
Felipe Augusto (Gilsinho), Caio Dantas e Pimentinha.
Técnico: Léo Condé
 
 
" />